Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Pensamentos da Escrita

Os amigos que me conhecem sabem como sou. Transparente qb e amiga, por vezes sou um tumulto de emoções, outras vezes mar calmo e sereno.Tenho momentos de dançarina, que rodopia no salão ao som de lindas melodias latinas. Outras sou aquela que escreve palavras sentidas e de coração, sempre com a escrita da poesia que ilumina o meu ser. Mas tenho muito de um canteiro cheio de flores, de malmequeres, rosas e tulipas e até as orquídeas, gosto do seu cheiro e suavidade, que entra na minha alma com cheiro que a natureza trás até mim, então corro como uma perfeita maripossa, de flor em flor e jardim em jardim ao encontro de amigos, pouso lhe digo um olá e lhe deixo um carinho. Na volta subo montes e vales ao encontro das serras, onde luto e protejo a natureza, para que não lhe cheguem o lume, me esforço em trabalho a dominar as chamas, vou a exaustão da força, me atiro para o alcatrão da estrada e regresso depois do dever comprido.É nesta luta que chego a braços amigos e de amor onde descanso as assas de uma Fénix renascida e que volta a lutar por tudo de igual forma, esta sou eu.

Lisa

14 comentários

Comentar post