Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

26
Mar07

Emidio Guerreiro

maripossa

Emídio Guerreiro (Guimarães, 6 de Setembro de 1899 - Guimarães, 29 de Junho de 2005) foi um destacado opositor ao regime do Estado Novo e combatente pela liberdade em Portugal. Aderiu em 1974 ao Partido Popular Democrático, actual PSD, que começou por ser um partido do centro-esquerda, que abandonou no ano seguinte.

Nasceu numa família republicana e cedo viria a aderir aos ideais da República. Foi voluntário na Primeira Guerra Mundial. Licenciou-se em Matemática na Universidade do Porto. Após o golpe de estado de 1926, junta-se aos opositores à imposição da ditadura, tentativa falhada. Em 1928, no Porto, funda a loja maçónica A Comuna (Grande Oriente Lusitano Unido). Em 1932 é preso por escrever um texto contra o presidente Óscar Carmona, evadindo-se um ano depois. Esteve no exílio durante mais de 40 anos, primeiro em Espanha, onde com a guerra civil serve nas forças republicanas, e depois em França, passando à clandestinidade com a invasão nazi da Segunda Guerra Mundial e juntando-se à Resistência. Quando a Guerra termina fica a leccionar Matemática em Paris.

Aí funda em 1967 a LUAR - Liga Unificada de Acção Revolucionária - como força de oposição ao regime de Salazar. Regressa a Portugal depois do 25 de Abril e adere ao PPD. Foi secretário-geral do partido em 1975, liderando-o durante um curto período em que Francisco Sá Carneiro, por doença, se desloca ao estrangeiro. Foi eleito deputado à Assembleia Constituinte, e viria a afastar-te do PPD, em 1975. Aderiu ao PRD, posteriormente, e aproximou-se, no final da vida, do PS.

Entrevistado pelo jornal Expresso, por ocasião do seu centenário em 1999, elegeu a dignidade humana como o ideal que sempre norteou a sua vida. Como não pode haver dignidade se não houver liberdade, naturalmente que eu lutei pela liberdade. Lutei contra todos os regimes prepotentes, lutei contra todas as ditaduras, foram as suas declarações.

Faleceu no lar de terceira idade com o seu nome, na sua terra natal, aos 105 anos de idade.

(wikipedia)

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D