Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

30
Jan09

Inveja é Vaidade?

maripossa

O que chamamos inveja, não é senão vaidade. Continuamente acusamos a injustiça da fortuna (sorte), e a consideramos ainda mais cega do que o amor, na repartição das felicidades. Desejamos o que os outros possuem, porque nos parece, que tudo o que os outros têm, nós o merecíamos melhor; por isso olhamos com desgosto para as cousas alheias, por nos parecer, que deviam ser nossas: que é isto senão vaidade? Não podemos ver luzimento em outrem, porque imaginamos, que só em nós é próprio: cuidamos, que a grandeza só em nós fica sendo natural, e nos mais violenta: o esplendor alheio passa no nosso conceito por desordem do acaso, e por miséria do tempo. Quem diria aos homens, que no mundo há outra cousa mais do que fortuna, e que nas honras há predestinação?

 

Matias Aires,

A foto foi oferta da chicailheu obrigada

30
Jan09

Se Penso, Existo

maripossa


Se penso, existo; se falo, existo para os outros, com os outros.
A necessidade é o lugar do encontro. Procuro os outros para me lembrar que existo. E existo, porque os outros me reconhecem como seu igual. Por isso, a minha vida é parte de outras vidas, como um sorriso é parte de uma alegria breve.
Breve é a vida e o seu rasto. A posteridade é apenas a memória acesa de uma vela efémera. Para que a memória não se apague, temos que nos dar uns aos outros, como elos de uma corrente ou pedras de uma catedral.
A necessidade de sobrevivência é o pão da fraternidade.
O futuro é uma construção colectiva.

António Arnaut
28
Jan09

Prémios

maripossa

Este blog tem recebido alguns prémios dos amigos.Pois como o tempo por vezes não cresce? só hoje vou falar aqui deles, dois me foram oferecidos por o blog do fisga.http://planeta-sol.blogs.sapo.pt e outro da Florinda http://cantinhodaflorinda.blogs.sapo.pt a estes dois amigos o meu obrigado pela amizade e pelo carinho, agora o passo aos amigos que por aqui vierem e dos quais tenho o linck do mesmo os podem levar são mercedores do mesmos. Lisa                                                

28
Jan09

Antes que seja Tarde

maripossa


Amigo, tu que choras uma angústia qualquer e falas de coisas mansas como o luar e paradas como as águas de um lago adormecido, acorda! Deixa de vez as margens do regato solitário onde te miras como se fosses a tua namorada. Abandona o jardim sem flores desse país inventado onde tu és o único habitante. Deixa os desejos sem rumo de barco ao deus-dará e esse ar de renúncia às coisas do mundo. Acorda, amigo, liberta-te dessa paz podre de milagre que existe apenas na tua imaginação. Abre os olhos e olha, abre os braços e luta! Amigo, antes da morte vir nasce de vez para a vida.

Manuel da Fonseca
27
Jan09

Desafios/ Sete Pecados

maripossa


O blog:http://simplesmentemanuela.blogspot.com me fez um desafio,e como tal não quero deixar de não o fazer,embora tenha ainda muito que fazer hoje,em termos de trabalho.Mas como isto esquece aqui vai. O tema é sete pecados,como gosto do numero sete espero que corresponda ao interesse dos amigos,e desde já fica o mesmo para todos que o queiram fazer obrigados.

GULA:Não tenho?pouca coisa basta,repartido chega para todos.

Avareza: Não sou avarenta pois quando morrer fico num espaço pequeno e não digo nada.

Inveja: Não tenho, gosto de partilhar e junto a mim ninguém passa fome.

Soberba/Orgulho: Soberba não...orgulho tenho nos meus filhos e em muita coisa que me empenho.

Luxúria: Não gosto de luxos,mulher simples e por coisas práticas no dia a dia,tomar todos os dias o meu café em boa companhia.O que estão a pensar...o marido digo.

Preguiça:Um pouco quando toca o relógio e tenho de pôr a pé,gosto um pouquinho da cama da manhã,no quentinho é tão bom,mas a isto eu não chamo preguiça??? ou será.
E por hoje está tudo penso eu,pois como eram mais selos espero não ter desapontado ninguém. Agora o mesmo fica para as meninas a seguir... todas que tenho o link.eheheh.
27
Jan09

Aniversário do Blog_ Dois Anos

maripossa

Hoje este blog faz dois anos que começou. Muitos o visitaram, teceram elogios e algumas críticas, umas mais agradáveis outros menos. Mas aos que fizeram as menos? temos uma coisa a fazer bloquear seus comentários e eliminar os mesmos e ficamos como era, boa gente e bom convívio salutar e de amizade, pois é assim que vejo. Lavar roupa suja não, coisas construtivas sim, unir pessoas e tentar ajudar sim como sabem. Não gosto de entrar pela política, pois sei que alguns não gostam e depois não sabem dialogar, por tal é melhor estar quieto. Falar mal dos governos ? Também não dá jeito, pois todos tem defeitos e venha o diabo e escolha, todos sabemos que temos de trabalhar, e contar os tostões também sabemos, outros compram tudo feito e lhe vem ter tudo a casa, mas que havemos de fazer…nada, para isso falam os jornais TV e tanta coisa que até cansa.

Mas hoje vou falar de aniversário e como dois anos é uma criança, venho partilhar amizade uma fatia de bolo e uma taça de champanhe para todos os amigos. Ao padrinho deste blog, muitos anos de vida e saúde ele foi o impulsionador do mesmo.Filipe da Praia da Claridade!

 

Agora os amigos

ChicaHilhéu— Grilinha— cindamoledo— Salomé— Florinda— Tibéu—

Sindarin— Ecosdotempo— Jofre Alves— estrelademim—collybry—Isabel Suchi—Rui-- Papoila

Gato das Botas

Meu girassol— Maria— Prosa poética— Mar de Saudades— Touaqui— Manuela— Eduardo.

A todos os amigos obrigados pelos comentários e visitas e se não fossem vós talvez já tivesse acabado este cantinho, por tal todos os blog gostam que se comentem, dá muito trabalho em gerir e comentar, mas hoje vamos a uns amanhã a outros, mais uma vez obrigados pelos dois anos

Lisa/ Maria Elisa

 

 

25
Jan09

Amar é raro

maripossa


Amar é dar, derramar-me num vaso que nada retém e sou um fio de cana por onde circulam ventos e marés. Amar é aspirar as forças generosas que me rodeiam, o sol e os lumes, as fontes ubérrimas que vêm do fundo e do alto, água e ar, e derramá-las no corpo irmão, no cadinho que tudo guarda e transforma para que nada se perca e haja um equilíbrio perfeito entre o mesmo e o outro que tu iluminas. Dar tudo ao outro, dar-lhe tanta verdade quanta ele possa suportar, e mais e mais; obrigar o outro a elevar-se a um grau superior de eminência, fulguração, mas não tanto que o fira ou destrua em overdose que o leve a romper o contrato — o difícil equilíbrio dos amantes! Amar é raro porque poucos somos capazes de respirar as vastas planícies com a metade do seu pulmão; e amar é raro porque poucos aceitam a presença do seu gémeo, a boca insaciável de um irmão que todos os dias o vento esculpe e destrói.

Casimiro de Brito
23
Jan09

Dia

maripossa

No dia que acaba de nascer. Abre a janela e olha bem no horizonte, e não desvies o olhar de tudo que tens em volta. Os sons os pássaros, o verde da esperança. Mas dentro de ti tens a força da igualdade e liberdade e a ternura de uma criança. Ao te aproximares de um ribeiro, escuta o som que a natureza canta, sentes no rosto uma ternura sem par, da brisa que vem do mar. Por isso sempre que o dia se aproximar e abrir a janela de par em par! Nunca desvies o olhar.

 

Lisa. Num dia e uma hora qualquer.

 

23
Jan09

Bom Fim de Semana e prémio

maripossa


Agora vou falar num prémio que me foi atribuído pela AMIGONA ,e pela Papoila!

http://amigonassempre.blogspot.com
http://a-papoila.blogspot.com
http://anascorpio.blogspot.com.

O mesmo é atribuído a mulheres
que de certo modo pensam e contrói coisas diferentes,mas como eu penso que numa sociedade moderna,não há homens e mulheres,mas sim cidadãos de corpo inteiro que juntos fazem um mundo melhor.Agora o mesmo vai para estas amigas.Devem copiar o respectivo selo e dizer quem ofereceu,e continuar a caminhada,por todas que merecem? já agora e porque não a homems de luta,e que merecem o mimo??? aqui fica a sugestão.

CARMINDA
CLARINDA
MANUELA
MARIA
MENINA DO RIO
CINDA

PENSO QUE ESTE PRÉMIO LHE FICA BEM AS MESMAS
************************************************
Como já muitos amigos devem ter percebido gosto muito da dança e pratico a mesma. Danças de salão? todas as semanas tenho uma noite dedicada a mesma,onde se pratica passos e se coloca ideias no lugar. Assim damos azo à alegria dos elementos que fazem parte da mesma,onde se tem alunos jovens e menos jovens, mas todos unidos pela alegria e o gosto pela dança. O tango é uma das minhas preferidas,como podem ver nada tem a ver com bombeiros,mas se conjuga em algumas coisas... adrenalina e uma certa harmonia entre pessoas na amizade.E para o fim de semana vejam este vídeo,desliguem a música e se pode ver e tentar aprender um pouco.
Lisa

Noelia Hurtado & Pablo Rodríguez dance Poema

21
Jan09

Amar é Raro

maripossa

Amar é dar, derramar-me num vaso que nada retém e sou um fio de cana por onde circulam ventos e marés. Amar é aspirar as forças generosas que me rodeiam, o sol e os lumes, as fontes ubérrimas que vêm do fundo e do alto, água e ar, e derramá-las no corpo irmão, no cadinho que tudo guarda e transforma para que nada se perca e haja um equilíbrio perfeito entre o mesmo e o outro que tu iluminas. Dar tudo ao outro, dar-lhe tanta verdade quanta ele possa suportar, e mais e mais; obrigar o outro a elevar-se a um grau superior de eminência, fulguração, mas não tanto que o fira ou destrua em overdose que o leve a romper o contrato — o difícil equilíbrio dos amantes! Amar é raro porque poucos somos capazes de respirar as vastas planícies com a metade do seu pulmão; e amar é raro porque poucos aceitam a presença do seu gémeo, a boca insaciável de um irmão que todos os dias o vento esculpe e destrói.

 

Casimiro de Brito

 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D