Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

27
Jan11

Dia de Aniversário

maripossa

Hoje nesta casa blog,se comemora quatro anos de vida.Aqui tenho escrito muita coisas,umas minhas outras de atores conhecidos,mas sempre a dar-lhe o mérito que eles merecem.Quando comecei era verde como uma alface,já passaram quatro anos e vim pela mão de um amigo que muito estimo,a sua ajuda foi preciosa pois eu disto nada percebia,e chegava a ficar eu daqui ele de onde mora a tentar ver como ficava.Ao meu amigo Filipe do blog praiadaclaridade,blog muito conhecido agradeço de coração todo o seu carinho e amizade,e paciência nesses momentos.Se foram criando amigos,uns partiram outros vieram,mas outros ficaram e fizemos  boa amizade que é o fundamental.Depois a Fernanda,do blog haflordapel ajudou para conseguir uma foto que hoje o blog não tem,mas penso que tem o selo,ou linck como dizem.

Perdi algumas horas a escrever por aqui,contei alegrias,tristezas de coisas que vi e assisti.O trabalho que tinha me proporcionava as experiências vividas e foram muitas,depois as transferia para o papel todas as emoções vividas.Escrevi muito a amizade,essa sempre presente em mim,ao amor que é o leme que me guia neste barco, juntei a esperança dos dias horas e momentos.Assim fui construindo a cada momento,actualmente não tenho escrito muito por aqui,são poucos os amigos que ficaram,mas os que estão gosto deles e continuaremos a confraternizar neste espaço virtual.

Mas só a pouco é que vi que o primeiro a criar foi o Saborlatino,ao outro dia é que foi este.Como podem ver nem tomo conta das datas,depois vieram outros que fiz com prazer e continuarei por aqui.Quando apetece e nos momentos só nossos,solto as amaras e aqui venho escrever e assim continuarei.

A todos os amigos que comentaram deixaram palavras amigas,de amizade e carinho,OBRIGADOS.Sempre tenho tentado ser cortês e amiga e assim continuarei.

 

Maria Elisa (Lisa)

  

 

 

26
Jan11

Não partas já

maripossa

Não partas já.Fica até onde a noite se dobra
para o lado da cama e o silêncio recorta
as margens do tempo.É aí que os livros
começam devagar e as cores nos cegam
e as mãos fazem de norte na viagem.Parte apenas
quando amanhã se ferir nos espelhos do quarto
em estilhaços de luz;e um feixe de poeiras
rasgar as janelas como uma ave desabrida.
Alguém murmurará então o teu nome,vagamente,
como a gastar os dedos na derradeira página.
E então,sim,parte,para que outra história se
invente mais tarde,quando os pássaros gritarem
à primeira lua e os gatos se deitarem sobre
o muro,de olhos acesos,fingindo que perguntam.

 

Maria do Rosário Pedreira

 

 

11
Jan11

Fantasia

maripossa

Há uma mulher em toda a minha vida,
Que não se chega bem a precisar.
Uma mulher que eu trago em mim perdida,
Sem a poder beijar.

Há uma mulher na minha vida inquieta.
Uma mulher? Há duas, muitas mais,
Que não são vagos sonhos de poeta,
Nem formas irreais.

Mulheres que existem, corpos, realidade,
Têm passado por mim, humanamente,
Deixando, quando partem, a saudade
Que deixa toda a gente.

Mas coisa singular, essa que eu não beijei,
É quem me ilude, é quem me prende e quer.
Com ela sonho e sofro... Só não sei
Quem é essa mulher.

 

Alfredo Brochado

 

 

 

08
Jan11

Novo Ano Vida Nova

maripossa

Este será o primeiro poste que aqui vou escrever no ano que agora começa,ainda um bebé de oito dias.Mas pelo que vejo e ouço vai ser um Ano de grandes mudanças,privações para outros.Para mim que sou optimista será mais um para lutar e viver um dia de cada vez.Logo ali temos outros bem pior que nós sem casa,comida,falta de água e muita doença.Pensando bem somos uns privilegiados em algumas coisas,portanto já nem estranho quando algo corre mal e temos que nos virar para que volte ao normal.Como alguns sabem,já andei muito no monte na época dos incêndios florestais,sempre tentei me proteger para que nada acontecesse,bebi água dos auto tanques,caí no lume e só pequenas coisas aconteceram,umas simples faúlhas e nada mais.Todos nós temos o dia marcado para a partida sem fim de volta,e cada um tem o seu anjo da guarda que cuida dos seus passos,eu acredito que assim seja.Quem está em situação de desemprego tem que arregaçar as mangas e ir a luta para vencer tempestades e agruras que a vida trás,tempos virão melhor,não podemos enfiar a cabeça na areia e desesperar,isto é o que eu penso e como penso pela minha cabeça,não quero ferir ninguém com estas palavras,saíram.

 

Lisa

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D