Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Sonho _Natal

Era natal igual a tantos outros que se passaram.A verdade é que cada um tem algo diferente,histórias reais, bizarras ou de dor.
Já algum tempo conheci uma menina que o seu sonho era o natal,mas um Natal de letra grande que lhe touxesse amor paz igualdade e nada de supérfluo e correria,o amor ela teve e muito,o resto continua a ser um sonho.O velho homem das castanhas que assava até a hora de ir para casa jantar com seus filhos,a mulher que vendia na rua os saquinhos dos pinhões e as pinhas para quem se atrevesse na mesa em as partir.Era esperado o chefe da família o Pai,e tudo corria para ele vendo que trazia nos embrulhos.Se esperava o amortecer do lume, o arrefecer do fogão que serviu para confeccionar o jantar da família,para todos em algazarra correr para ele e colocar os sapatos esperando que o dia amanhecesse para ver o que continha.Ao outro dia ele continha os chocolates chamados "charutinhos" e que bom eles eram,assim era a felicidade contida em pequenas coisas que hoje em dia ficaram ultrapassadas pelo tempo.Se importou muito Natal,todos as coisas que se compram no fundo acabam por sobrar, e nem falta fazem,mas a azáfama das compras assim o dita.
Alguns foram de dor,quando se tinha que estar de serviço e não se podia estar em casa com a família,em correria nos deslocava-mos para as viaturas quando alguma chaminé pegava fogo,quando se corria para acudir num acidente e lá víamos ficar uma pessoa porque já nada se podia fazer...este era o Natal da dor,que dói muito até as membranas da força.lá vínhamos a pensar no caminho o porquê!! Toca a lavar a cara de água fresca e tentar que continue a vida a correr com aquela vontade de a noite se fazer dia,para voltar a casa e abraçar os nossos e sentir o amor naquele instante como o mundo nos fosse melhor mais humano e solidário...assim foram muitos Natais

 

Lisa

 

 

 

8 comentários

Comentar post