Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Amores Nocturnos

É no silêncio da noite…

Que encontro o meu refugio

É no silêncio da noite.

Que me vejo quem sou

 

Na noite o silêncio se faz,

Falo comigo e com meus amores

Relembro com desdém o passado

E almejo ansiosamente o futuro

 

É na noite calma, fria e serena

Que anjos sossegam meu coração

Inquieto e ardente para novas emoções

Sim ele mesmo, indolente como é, sabe lidar

 

É sim, que eu e a noite nos amamos

Acalentando assaz meu pequeno coração

E eu, me rendendo aos seus afagos e apelos.

Para no silêncio do meu quarto, conquistar a paz

(João Brito)

8 comentários

Comentar post