Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

AUTOBIOGRAFIA- MIGUEL TORGA

Férias na Aldeia

Na escola, que fui visitar,o mestre,mal entrei na sala,mandou levantar todos os alunos em sinal de respeito,e nem o  Rei grilo se riu daquele cerimonial,que até discurso meteu.

Depois de um intróito solene,o senhor Botelho mostrou os meus ditados,que guardava ciosamente. Pusessem ali os olhos! Vissem ! Vissem! Nem um erro!  Nem uma letra tremida!

Nem o mais pequeno borrão! Assim,sim.Quarta classe extraordinária,a minha! Apenas o Godinhas...Enfim,uma excepeção a regra.Por isso mesmo tivera um suficiente no exame.

O único que ele registava na sua longa carreira de professor. Mas os outros... Rapazes aplicados,sensatos,respeitadores, briosos,de que não tinha a mais pequena queixa.Eu então...Agora, uma corja de malandros. Burros,calaceiros,malcriados...

Á despedida,estendeu-me a grossa mão das palmatoadas. Parecia incrível, mas não havia dúvida:era mesmo mão do senhor Botelho a querer apertar a minha.

Quando  a fechou,cuidei que me ia estalar os ossos.Qual o quê! Branda e quente,tentava apenas secundar por pequenos abanões a efusão do remate oratório.

----Continua, rapaz ! Honra a terra que te viu nascer eo mestre que te ensinou as primeiras letras...(...)

4 comentários

Comentar post