Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

18
Mar07

Relatos da vida

maripossa

Sozinha eu e Deus e pensei,o que está a dar aos jovens para o suicídio,só porque os pais lhe pedem explicações,pelos seus procedimento,pelas más notas pelas companhias,que tem pois eu sei que a maioria dos pais vive um dilema constante nesta sociadade moderna de comsumo,pelos pedidos de seus filhos para lhe dar!sempre o dar e nunca aos seus Pais dar nada, em troca pelo sacrifisio que fazem todos os dias,na sua luta diária para nada faltar sempre em aflição será que estão bem..Pois é meus amigos que possam ler estas palavras neste blog,eu penso..pois as coisas passam por mim,ainda á um dia apenas levei uma jovem,de apenas quinze anos para um hospital,pois tentou o suicídio,só porque sua mãe a chamou atenção para as más notas dadas na escola,isto me causa aflição pois sou mãe e tenho dois filhos maravilhosos que sempre me deram alegrias,e vejo pobres mães,com uma tristeza enorme pois ningém lhe dá valor ao esforço feito,para que seus filhos sejam homems amanhã,e não tenham de mendigar e pedir ajuda e caiam nas ruas da amargura ou nas mãos de pessoas sem escrupulos,que façam deles farrapos humanos.

Pois é meus amigos e lá deixei a jovem ainda menina numa cama do hospital em cuidados intensivos,e sua mãe a dizer que lhe dava tudo,o que ela estaria a precisar..Vamos pensar mais amor,se calhar pois telémoveis não dão amor e outras coisas,mais amor e freio e compreenção,amanhã vou ver se sei como ela está,espero que bem talvez lhe sirva de lição o seu acto de revolta,pois nem sempre eles valem aquilo que se faz,pois a vida é tão linda e merece ser vivida em todo o seu explendor e verdade.

 

 

maripossa

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D