Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Sou Fenix

11.02.09, maripossa


Apesar desta tristeza que insiste em me machucar.
Vislumbro nesta manhã, um sol diferente para mim
Trazendo meus sonhos e meu sorriso alegre.
Esqueço a tristeza do passado e renasço para um novo dia
Sou a Fénix, venho das cinzas do asfalto, dos cascalhos da rua
Venho do fundo do poço, do cadafalso marcado da minha sina
Sou Rainha, Deusa e guerreira! Quebro muros e paredes



Sou mistério que volta do meio do caos, sou encanto!
Sou montanha erguida derrubando muros, removendo alicerces
Superando as amarras do passado, removo tijolo
Refaço minha construção e mergulho na vida plena e absoluta
E, no calor de um sol brilhante, novo e renovador
Refaço os canteiros esquecidos, planto minha nova semente
E aguardo com tranquilidade o desabrochar da minha nova flor.
Ai, vou desnudar meu coração e deixar o amor entrar.
Amor tão forte e arado, que tem o poder de se erguer
Acima de todas as rochas e montanhas escuras.
Sou Fénix! Rainha! Sou uma nova semente, germino
Sou o amor na sua expressão maior

rose mary

16 comentários

Comentar post

Pág. 1/2