Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Os Filmes da Minha Vida

28.12.07, maripossa

Para a amiga Sophia as minhas desculpas,pois me fez um desafio para falar dos filmes da minha vida,pois em algum lugar sempre haverá alguém que tem gostos parecidos ou iguais,este caso aqui escrito!mas vou tentar lembrar de alguns,pois ela fez este desafio antes de Natal.... Como não pode fazer aqui vai.Para ti sophia no maripossa,tens lá algo vai buscar.

Música no Coração--- Pela beleza musical, drama onde as crianças tem um valor de destaque

As Palavras Que Nunca Te Direi---Viúvo solitário, Garret Blake constrói barcos para viver. Reconstruir a sua vida - isso é outro problema. Pelo menos antes de Theresa Osborne chegar à sua aldeia na Carolina do Norte. Theresa, uma recém-divorciada e investigadora do Chicago Tribune, descobre que Garret é o autor de uma mensagem que encontrou numa garrafa, numa praia de Cape Road. Uma mensagem de sonho que a emocionou profundamente como nunca o tinha sido até então.

Paciente Inglês---Durante a Segunda Guerra Mundial, uma enfermeira cuida de um homem vitimado por terríveis queimaduras. Em seu leito de morte, ele relembra seu passado e um tórrido romance que teve com uma mulher casada


E Tudo o Vento Levou-- Este arrebatador romance da era da Guerra Civil americana ganhou, impressionantemente, 10 Oscares da Academia

A Vida é Bela__Na Itália de 1939, Guido Orefice (Benigni) muda-se para a cidade de Arezzo para aí abrir uma livraria. Fica maravilhado pelo primeira mulher com que se cruza, uma professora chamada Dora (Braschi), com a qual se vai encontrando das formas mais invulgares, primeiro casualmente, depois propositadamente. O regime fascista vai interromper a harmonia que entretanto se instala na vida de Guido, judeu, que é levado com o filho para um campo de concentração. Determinado a poupar o pequeno Giosué (Cantarini) ao horror da situação, elabora uma complicada justificação, que vai adaptando à medida das necessidades, e que consiste sumariamente em convencê-lo que se trata tudo de uma brincadeira, e que os soldados Alemães estão apenas a fazer o papel de pessoas que gritam muito e são muito maus.

Se algum amigo,poder e quizer poderá continuar a fazer o que aqui foi postado,dizer qual os filmes de sua vida e que mais os marcaram.
Rabiscado por Agulheta

12 comentários

Comentar post

Pág. 1/2