Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Nomeações

11.07.07, maripossa

 

Este Óscar me foi oferecido pela amiga Florinda,do blog http://cantinhodaflorinda pois o mesmo já me tinha sido oferecido,para o recolher do seu blog http://simplesmentemanuela mas como eu não tinha pegado nele,este famoso troféu aqui está ele lindo todo em (ouro) não vale vender,só para olhar.

Mas como eu já tinha dito,todos são amigos cada um a seu jeito e feitio,mas assim tem de ser,aqui vou deixar o desafio de quem quizer pode pegar nele,com toda amaizade e venerar este òscar como o simbolo dos blogs da amizade.

maripossa

 

 

 

Miguel Torga

10.07.07, maripossa

Avô,28 de Setembro de 1942- Este Portugal,apesar do que lhe fizeram e do que não lhe fizeram,ainda tem seiva e beleza! A beleza está espalhada por todo ele,e é isto:uma aldeia estendida ao sol sobre uma fraga,entre dois rios,uma ponte manuelina em baixo,as ruínas dum castelo em cima,e uma lápide num casinhoto a dizer que ali nasceu um Poeta.

A seiva é uma mistura de insubmissão,ironia e graça, e vem hoje nos jornais:uns pressos na cadeia de Anadia resolveram ir às vindimas; mas como o assunto não podia ser tratado ofialmente,arrombaram a porta e deixaram,juntamente com uma carta ao carcereiro a garantir-lhe o regresso,esta homenagem ao autor da gasua;

Viva o Almeida Lemos

Bom serralheiro moderno,

Que é capaz de fazer chaves

Para sair do próprio inferno.

Passagems

Foto tirada da net.

Nomeação do Blog com Tomates

09.07.07, maripossa

A minha querida amiga,do blog http://gatinhosvoadores.blogspot.com/

me nomeou como um blog com tomates,como é de praxe teremos de nomear cinco da mesma forma,como tenho dito é muito dificél pois todos os amigos por mim visitados,se calhar todos eles deviam ter o prémio,mas como não podem ser todos vou nomear alguns,os outros que me perdoem.

http://grilinha.blogs.sapo.pt/

http://cantinhodaflorinda.blogs.sapo.pt/

http://bluelino.blogs.sapo.pt/

http://sopoesia.blogs.sapo.pt/

http://estrelademim.blogs.sapo.pt/

Para Pensar!..

06.07.07, maripossa

Há uns dias atrás recebi um mail de uma amiga, feito em PowerPoint onde a Guerra do Iraque era o centro das atenções, vi o mesmo uma duas três vezes, se calhar mais e mais as vezes que meu coração, dissidiu ver mas fiquei a pensar o Mundo anda todo maluco, para tamanha destruição!..como pode o ser humano suportar tamanha desgraça e andar tudo contente, a pensar em férias a ir comer aqui e acolá vendo crianças meio das balas, em escombros, tudo destruído por a força dos tanques e aviões, podem pensar são Iraquianos, não nos diz nada, estão longe quero lá saber; não mil vezes não!.. a indiferença é o pior dos males de todos nós os humanos.

Mas vendo e falando no mesmo mail, vejo imagens terríveis de soldados Americanos chorar pelos seus amigos, deitados a seu lado em terra mortos, crianças que outrora sorriam, noutra foto mesmo com ditadura! Mas felizes a sua maneira…hoje choram de fome em campos de desalojados, estes povos como sofrem as agruras da guerra, de quem será a culpa se calhar seria melhor deixar como estava, não estragar o que estava feito, não meter lá o bico sem ter a autorização da ONU e depois sim fazer como se devia, não como fez um determinado Presidente, com mais dois ajudar, a fazer o que fizeram ao Iraque.

Sempre me debaterei contra a Guerra contra a destruição a fome a injustiça!..Mas sim a cultura a formação das pessoas ao bem-estar, a campos cultivados de milho e verde de esperança, as árvores que nos dão fresca e flores muitas flores, crianças felizes e contentes.

Vamos colocar flores nos tanques de Guerra e dar a mão a todos os Povos!

Depois da Guerra

04.07.07, maripossa

Depois da guerra vão nascer os lírios nas pedras,grandes lírios cor de sangue,belas rosas desmaiadas.Depois da Guerra vai haver fertilidade, vai haver natalidade,vai haver felicidade.(...)

Depois da Guerra não haverá mais tristeza:todo o mundo se abrançando num geral desarmamento.(...)

No meio tempo,vamos dando tempo ao tempo,tomando nosso chopinho,trabalhando p,ra família. Se cada um ficar quieto no seu canto,fazendo coisas certinho,sem aturar desaforo; se cada um tomar vergonha na cara,for p,ra gurra,p,ra fila com vontade e paciência--não é

possivél! esse negócio melhora,porque ou eu muito me engano,ou tudo isso não passa de um grande,de um doloroso,de um atroz mal--entendido!

 

De- para uma Menina com uma flor

Maio de 1944----Vinicius Moraes

 

Nomeação do Meme

03.07.07, maripossa

O meu amigo Felino do blog.marioo.blogs.sapo.pt me nome ou para um Meme de Richard Dankins de 1976, vou tentar não desiludir este meu amigo como outros, pois a minha escrita ser à

Mãe

 

eu penso em ti todos os dias, juro que penso em ti todos os dias até quando chove, sobretudo quando tenho de partir, sobretudo quando não estou em ti sobretudo quando penso que um um dia posso morrer, penso em ti

Tenho medo que não de que não saibas, medo de que não saibas e nessas alturas a dor aparece mais cavada. Eu penso que se morresse teria deixado tanta por dizer, sobretudo que penso em ti todos os dias, sobretudo que sei o quanto devo à terra sobretudo o quanto o quanto devo a ti. Se fosse uma flor, que fosse gladíolo a terra fez-me gladíolo e tu és a terra,mãe,penso em todos os dias, juro sobretudo quando penso que se morresse teria deixado tanta coisa por te dizer. Não sou uma rosa, sou um gladíolo perdoa, perdoa como se fosse a rosa de espinhos que não sou eu penso em ti, penso em ti todos os dias, todos os dias juros.

Agora vou nomear cinco dos meus amigos, todos eles são muito queridos adoro todos vós, mas como isto faz parte deste espaço virtual, mas que se completa com amigos de verdade e agora aqui vai esta esta difícil tarefa mas os amigos que perdoem

 

 

a-papoila.blogspot.pt

grilinha.blogs.sapo.pt

haflordapele.blogspot.

anascorpio.blogspot.com

aminhadanca.blogs.sapo.pt

 

Jim Morrison

03.07.07, maripossa

James Douglas Morrison, mais conhecido como Jim Morrison, (Melbourne, Flórida, 8 de Dezembro de 1943 - Paris, 3 de Julho de 1971) foi um cantor, compositor e poeta norte-americano.

Foi o vocalista e autor da maior parte das letras da banda rock norte-americana The Doors, embora Robby Krieger também tinha escrito algumas com Jim, por exemplo, «Light My Fire».
Jim Morrison era filho do almirante George Stephen Morrison e sua mulher Clara Clark Morrison, ambos funcionários da marinha americana. Seus pais eram conservadores e rigorosos, todavia Jim acabou por tomar para si pontos de vista completamente antagónicos aos que lhe foram ensinados. Ainda jovem, participou do Movimento Escoteiro.

De acordo com Morrison, um dos eventos mais importantes da sua vida aconteceu em 1949 durante uma viagem de família ao Novo México, que ele assim descreveu:

A primeira vez que descobri a morte… eu, os meus pais e os meus avós, íamos de automóvel no meio do deserto ao amanhecer. Um caminhão carregado de índios, tinha chocado com outra viatura e havia índios espalhados por toda a auto-estrada, sangrando. Eu era apenas um miúdo e fui obrigado a ficar dentro do automóvel enquanto os meus pais foram ver o que se passava. Não consegui ver nada – para mim era apenas tinta vermelha esquisita e pessoas deitadas no chão, mas sentia que alguma coisa se tinha passado, porque conseguia perceber a vibração das pessoas à minha volta, então de repente apercebi-me que elas não sabiam mais do que eu sobre o que tinha acontecido. Esta foi a primeira vez que senti medo... e eu penso que nessa altura as almas daqueles índios mortos – talvez de um ou dois deles – andavam a correr e aos pulos e vieram parar à minha alma, e eu, apenas como uma esponja, ali sentado a absorvê-las.[Carece de fontes?]
Os pais de Morrison afirmaram que tal incidente nunca ocorreu. Morrison dizia que ele ficara tão perturbado pelo caso que os seus pais lhe diziam que tinha sido um pesadelo, para o acalmar. Em qualquer caso, tenha sido real ou imaginário, o incidente marcou-o profundamente, e ele fez repetidas referências nas suas canções, poemas e entrevistas.

Quem não lembra deste cantor fez parte dos "DOORS" eu e outros se devem recordar os da minha geração,pois em casa ouvia muitas coisas dele pois o meu irmão mais velho,era doido pela música dele,sempre é bom recordar os cantores,poetas e outros que fizeram a nossa geração e não só.

Morreu em paris a 3 de Julho de 1971.

Violino Triste

02.07.07, maripossa

Ó violino

Deixa que me embale

Na tua nostálgica melodia

Que me faz sentir assim tão bem

N aminha dor persistente!

Por favor violino

Continua a tanger

As tuas cordas doridas.

E mesmo que me vejas a chorar

 Não pares

peço-te

Rogo-te por tudo...

Toca mais!

 

obrigado violino

E eu que me julgava o mais triste dos mortais!

 

Retalhos do Tempo

2ºNomeação

01.07.07, maripossa

Foi nomeada por uma amiga querida do blog http://estrelademim.blogs.sapo.pt

e assim sendo tenho de nomear mais sete,mas como esta nomeação é a segunda vou nomear os outros amigos,não quero que nenhum fique zangado comigo,pois todos vós sois maravilhosos,gosto de todos pois cada um escreve a sua maneira emoções,solidão amor saudade e amizade é a coisa mais linda que este elo une todos os blogistas.

E assim sendo aqui vai

 

 

 http://cristaisdegelo.blogs.sapo.pt

http://olharindiscreto.blogs.sapo.pt

http://minhadanca.blogs.sapo.pt

http://joselessa.blogs.sapo.pt

http://simplesmentemanuela.blogspot.com

http://cindafrica.blogs.sapo.pt

http://isanunes.blogs.sapo.pt