Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Caminhada

23.10.07, maripossa

Tua caminhada ainda não terminou...
A realidade te acolhe dizendo que pela frente o horizonte da vida necessita de tuas palavras e do teu silêncio.
Se amanhã sentires saudades, lembra-te da fantasia e sonha com tua próxima vitória.
Vitória que todas as armas do mundo jamais conseguirão obter, porque é uma vitória que surge da paz e não do ressentimento.
É certo que irás encontrar situações tempestuosas novamente, mas haverá de ver sempre o lado bom da chuva que cai e não a faceta do raio que destrói.
Se não consegues entender que o céu deve estar dentro de ti, é inútil buscá-lo acima das nuvens e ao lado das estrelas. Por mais que tenhas errado e erres, para ti haverá sempre esperança, enquanto te envergonhares de teus erros.
Tu és jovem.
Atender a quem te chama é belo, lutar por quem te rejeita é quase chegar a perfeição.
A juventude precisa de sonhos e se nutrir de lembranças, assim como o leito dos rios precisa da água que rola e o coração necessita de afeto.
Não faças do amanhã o sinônimo de nunca, nem o ontem te seja o mesmo que nunca mais.
Teus passos ficaram!
Olhes para trás... mas vá em frente pois há muitos que precisam que chegues para poderem seguir-te.


Charles Chaplin

Pontos de Vista

23.10.07, maripossa

Poderia,querer muita coisa! ou simplesmente nada,pois tudo que os meus olhos enxergam só vejo desgraça,solidão das pessoas ingratidão e revolta de algo que não está bem,pouca vontade de ver com olhos humanos,aquilo que nos rodeia se está a criar uma sociedade altruísta,desordenada uns para cada lado..pois se não fores por mim serás contra,é democracia ? não sei se será justa, esperemos para ver

Metade de mim agora é assim, de um lado a poesia o verbo a saudade, do outro a luta, a força e a coragem para chegar no fim. E o fim é belo, incerto... depende de como você vê!

Fogo

21.10.07, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5123870279734039010" />
É com grande desanimo,de dor e insatisfação que vimos mais uma vez a serra do Gerês arder,se perdem grandes espécies,animais florestais pela culpa do homem,não poderemos ficar indiferentes a estas causas,por mim falo mais do que ninguém,foi no começo da tarde de ontem e tem chegado até agora,se o calor não é tanto assim se a humidade da noite já é alguma,não há piqueniques na zona,só pode ser fogo posto! ou queimada mal controlada,só sei que durante a noite aqui na zona tivemos que chega-se para nós,ainda se deslocou para o local,alguém para contribuir.
Pois por aqui foi vira,vira até cair para o lado,como vamos de vigias! onde param os grupos rápidos para ver estas coisas,depois da casa roubada trancas a porta,pois deviam continuar até o tempo ficar mais fresco,ou então por corpos permanentes e profissionais,não contar com só voluntários deste país,pois é o corpo mais presente,que governo nenhum, terá jamais dinheiro que lhe pague,as canseiras e consumição de perda de sono,e luta .
Chegamos a um ponto temos vontade de largar,tanto é o desanimo de ver o verde de repente negro,depois o vento nos corta os braços,assobia pelo monte acima e vê-lo a comer o que tem a sua frente,peço a Deus força para a luta,mas a natureza agradece o esforço,pois amanhã será tarde para ver os estrago e a solidão.
Só esta noite ardeu muitos hectares de floresta,protegida! Falamos no Gerês claro,amanhã será noutro lado,eles queimam os habitantes sofrem,a vegetação os animais,os incendiários andam a solta,pois a cadeia não tem lugar para eles,ou se calhar não convém

Rabiscado Agulheta

Mais Um Dia

21.10.07, maripossa

O dia raiava já se pede licença ao corpo, para atenuar o desgaste da condição humana, mas que fazer em prol  das mentalidades, se elas continuam tacanhas e tristes! Se pede aos santos ajuda e paz, hora sobe monte e cai, hora vem a sede mas os olhos ao clarear do dia, começam a piscar já não se aguenta as pernas, pois uns escorregam, outros dizem mal da vida chamam nomes….quem me manda andar aqui, chegada finalmente a hora de abalar! em que chega, alguém e diz temos de ir para outro lado, precisam de nós? Estrebucha-se, se diz tantos nomes feios, mas depois lá está mais uma missão a nossa espera! Aí está novamente a equipa feliz e contente, passam as horas já foi a ração da madrugada, o pequeno-almoço, o almoço esse chegou finalmente a meio da tarde? É neste batalhar, de teimar cair e levantar que lutamos, nos dá raiva olhar ele pela frente, dizer vou acabar contigo… FOGO!

maripossa

Era assim!!!! Lindo era o verde desta serra,e agora?

Resta isto!!!! Vamos pensar todos

Amizade de Outono

19.10.07, maripossa

Hoje como é fim semana, poderia fazer um post sobre Bombeiros! mas não irei falar,simplesmente falar,com quem visita este blog,pois não sei quem são o que fazem,a sua cor ou religião,mas podem partilhar amizade,se tem alegrias e tristezas,pois tem de certeza!.. Quem não tem,até eu em certos dias tenho as minhas,naqueles que é hora H.. então nesses choramos,morremos um pouco por dentro,tal são as carências humanas e monetárias,deixados nos Hospitais,ali a sua sorte, o que muitas vezes nem dinheiro tem para voltar,pois é nestas coisas que muitas vezes me debato de tanta injustiça,desigualdade muitos são tratados como de lixo se trata-se,mas não! são seres humanos tem cabeça para pensar uma vida para viver!.. Mas hoje quero partilhar amizade, esperança que o amanhã seja diferente,para muitos.

Rabiscado Agulheta

Amizade de Bom Fim Semana

19.10.07, maripossa

O importante da amizade não é conhecer o amigo; e sim saber o que há dentro dele !... Cada amigo novo que ganhamos na vida, nos aperfeiçoa e enriquece, não pelo que nos dá, mas pelo quanto descobrimos de nós mesmos. Ser amigo não é uma coisa de um dia. São gestos, palavras, sentimentos que solidificam no tempo e não se apagam jamais. O amigo revela, desvenda, conforta. É uma porta sempre aberta em qualquer situação. O amigo na hora certa, é o sol ao meio dia, estrela na solidão. O amigo é a bússola e rota no oceano, porto seguro da tripulação. O amigo é o milagre ao calor humano que Deus opera no coração.

 

 

para os amigos que visitem este blog,desejo bom fim semana em harmonia e paz,que este Outono seja o raiar,das esperanças por vós partilhadas, entre todos na mais fraterna amizade bloguista

 

maripossa

Nomeação

19.10.07, maripossa



papoila

Pela amiga Papoila, recebi um prémio do seu jardim das papoilas, como tal com muito gosto o farei ,para agradecer a sua amizade, bem ajas pelo gesto e pelo carinho para comigo, agora pelo que sei terei de nomear uns tantos amigos.

Hora como eu, depois de desfolhar o meu diário vejo afinal que tenho muitos, e queridos vejo de igual forma que a maioria deles já foi, homenageado o vou colocar para o mesmo ser retirado,por todos os que forem de paz e boa vontade,aqui fica o presentinho...Obrigados!

maripossa

Medida de Segurança Incêndio

17.10.07, maripossa


As medidas de segurança,contra incêndios nas habitações depende muito de nós,as pormos em prática
Pois há muitas medidas de segurança ao alcance dos moradores,determinadas pelo tipo,dimensão,resistência ao fogo dos materiais e até pelas características físicas e pela idade dos habitantes.
A chave do êxito de qualquer medida ou de qualquer operação de controlo de incêndio reside na rapidez com que se detecta o princípio do fogo. Numa pequena casa,de dia e onde permaneçam normalmente pessoas,é fácil detectar o incêndio e adoptar o procedimento adequado imediatamente.
mas se a casa for grande e se for de noite-que é a altura em que acorrem mais frequentemente os incêndios-já não é tão fácil fazer a detecção em momento próprio.
Assim o melhor será colocar um detector,um sistema prático e eficazes
Se se instalar um destes detectores em local apropriado,isto é,no tecto ou cimo de uma parede,o fumo que venha a ser eventualmente libertado pelo fogo de incêndio expande-se,como já foi dito,vai chamar e adicionar o sistema de alarme,chamando assim a atenção das pessoas que estejam a dormir

Rabiscado por Agulheta

A Vida Depois dos 40

17.10.07, maripossa

Amor não se implora, não se pede não se espera...
Amor se vive ou não.
Ciúmes é um sentimento inútil. Não torna ninguém fiel a você.
Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para
mostrar ao homem o que é fidelidade.
Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.
As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.
Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.
Água é um santo remédio.
Deus inventou o choro para o homem não explodir.
Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.
Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.
A criatividade caminha junto com a falta de grana.
Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.
Amigos de verdade nunca te abandonam.
O carinho é a melhor arma contra o ódio.
As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.
Há poesia em toda a criação divina.
Deus é o maior poeta de todos os tempos.
A música é a sobremesa da vida.
Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente.
Filhos são presentes raros.
De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças a cerca de suas ações.
Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que
abrem portas para uma vida melhor
O amor... Ah, o amor...
O amor quebra barreiras, une facções,
destrói preconceitos,
cura doenças...
Não há vida decente sem amor!
E é certo, quem ama, é muito amado.
E vive a vida mais alegremente...

Artur de Távola

Capas Negras

16.10.07, maripossa

Decorria o ano de 1966 em plena Praça da Batalha,na altura um café que lá existia,por amizade com outros colegas conheci,  Adriano Correia de Oliveira pessoa gentil carinhosa,enteresada em saber o que fazia ou se estudava,aí fomos um grupo de rapazes e raparigas,entramos no dito café e nas mesas sentados eram talvéz umas três, não é que de repente o empregado,chega ao ouvido de um estudante e diz atenção amigos,anda aí a PIDE,eu que era muito nova na altura! se calhar a mais nova do grupo...disse vou embora que o meu pai mata-me,foi o medo da juventude e de pouco saber sobre o que era a ditadura,mas nesta pequena lembrança fica o olhar,a voz nunca mais esqueci aquele dia.

Hoje aqui recordando,se calhar não escrevo" A TROVA DO VENTO QUE PASSA"mas sim capas negras,para ele onde estiver sempre será lembrado... ADRIANO

maripossa

Capa negra, rosa negra
Rosa negra sem roseira
Abre-te bem nos meus ombros
Como o vento numa bandeira.

Abre-te bem nos meus ombros
Vira costas à saudade
Capa negra, rosa negra
Bandeira de liberdade.

Eu sou livre como as aves
E passo a vida a cantar
Coração que nasceu livre
Não se pode acorrentar.

Poema Manuel Alegre