Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Para Ti

06.10.07, maripossa


Recordar é facil para quem tem memória,esquecer é dificil para quem tem coração"



Para ela sempre.Jamais esquece em nossos corações,neste grito de solidão,que tão bem cantou mas um GRITO de Liberdade

Amália

06.10.07, maripossa

Mais um tempo passou , mas a saudade de alguém jamais esquecerá, pois hoje lembro de Amália e muito da minha Mãe, por quem ela tinha um grande carinho... Mas outras gerações se irão continuar a lembrar,quem seria e foi esta mulher, de xaile negro a quem a todos nós deixou cair um lágrima sentida,na hora de cantar e grande na hora da partida,mas sempre estará em nossos corações daqueles,que cantaram e vão continuar a cantar!!!  AMÁLIA sempre,neste dia eu deixo este pequeno texto abaixo colhido da net,como este lindissimo poema. Como hoje e sempre tenho uma vontade de dar um grito de saudade,por ela e por outra mulher que muito amei...GRITO.

Amália/ Vinicius (1968)

«Dezembro de 1968. Dezanove de Dezembro. Vinicius parte amanhã para Roma onde irá passar o Natal. Esta noite em casa de Amália há uma pequena festa de despedida. (...) Por entre a penumbra que está na sala começo a distinguir alguns rostos: a Amália, o Vinicius, a Natália Correia, o Oulman, o José Carlos Ary dos Santos, ... mas nem há tempo para saudações; é justamente o Ary dos Santos quem vai recitar» ...


David Mourão Ferreira 

 

 

 

 

Grito

Silêncio!


Do silêncio faço um grito,
Que o corpo todo me dói.
Deixai-me chorar um pouco...
 
Sombra, à sombra,
A um céu, tão pequenino.
De sombra assombrada
Já lhe perdi o sentido.
 
Ó céu!
É que me falta luz,
É que me falta uma estrela.
Chora-se mais,
Quando se vive atrás dela.
 
E eu,
A quem o céu esqueceu,
Sou eu que o mundo perdeu.
Só choro agora
Por quem morre e já não chora.
 

Solidão!
Que nem mesmo és sendeira,
Há sempre uma companheira:
Uma profunda amargura.
 
Ai, solidão!
Que me fora escorpião!
Ai, solidão!
E se mordera a cabeça!
 
Deus!
Já fui pra além da vida!
Do que já fui, tenho sede!
Sou sombra triste
Encostada a uma parede.
 
Adeus!
Vida que tanto duras!
Vem morte,
Que tanto tardas!
Ai, como dói
A solidão, quase loucura!

Como elas adoravam flores,estas são as preferidas ROSAS

Dia dos Passaros

05.10.07, maripossa

 

Hoje é dia dos pássaros , como eles por esta razão vamos ajudar a natureza a contribuir para que os pássaros não fujam para longe os possamos ver em nossos quintais e jardins, vamos plantar, arbustos fruteiras para que as mesmas as possam utilizar, como comida e dormida e que bonito é ao acordar e ouvir as vozes destes pequenos seres da natureza, com seu belo canto nos acordar

Pois eu tenho um casal amigo, que muitas vezes vamos passar um bom fim semana, gostamos de dormir no chalé da casa, é uma alegria na manhã abro a janela e fico a ouvir a voz dos pássaros é lindo. Como hoje começou a caça, aos caçadores eu peço desculpa, mas tenho pena dos  pássaros e outras espécies serem mortos

Não a caça destruição

Não colher todas as frutas, deixe algumas para as aves e insectos. Muitos pássaros incluem em sua dieta alimentar estes insectos que são atraídos pelas frutas maduras.

 

 

 

Como os pássaros são um pouco como os amigos, sempre voltam para nós, eu quero sempre a sua volta quer na Primavera quer no Outono, com muitos cantares diferentes mas todos iguais, na sua maneira de ser, pensar

 

Para todos os amigos que visitem este blog bom fim semana e seu voo seja livre e voltem sempre, com amizade e carinho

 

maripossa

Frase Verdadeira

 

“Precisamos dar um sentido humano às nossas construções. E, quando o

Amor ao dinheiro, ao sucesso nos estiver deixando cegos, saibamos fazer

Pausas para olhar os lírios do campo e as aves do céu. "

Autor: Érico Veríssimo)

 

Nomeações

05.10.07, maripossa



Agora me desculpem,mas irei acrescentar esta imagem para unir todas as mãos do mundo

Hoje vou falar de uma nomeação a este humilde blog,nada mais fala do que de Bombeiros,de coisas reais e até de informação,alguma.
Mas esta nomeação tem algum significado para mim,primeiro vindo de uma boa amiga solidária,com bom coração a qual sempre me habituei a visitar,gosto da maneira com que escreve os seus sentimentos,para esta amiga PAPOILA" a-papoila.blogspot.com agora terei de nomear,pois os que devia nomear já estão nomeados! mas vou nomear novamente,pois não tomem a mal,os que nomeio como os que não nomearei as minhas desculpas.
Agora os nomeados. Agulheta



Anacorpio
ocantinhodaflorinda
cindamoledo
coisas do gui
chicahilheu
gatinhosvoadores
sophiamar

Memórias

05.10.07, maripossa

Hoje como em tantos dias, lembra coisas do passado,não longe mas que se fazem grandes memórias.
Como sempre se diz,quem não tem passado não tem memórias para contar,pois hoje me lembrei que faz,vinte anos ter acorrido a uma chamada de urgência para,transportar uma senhora para o Hospital,que estava prestes a dar a luz! Logo nos dirigimos para o local,um pouco longe por sinal, sendo o local uma casa de lavoura com poucos recursos humanos e físicos, no local nos deparamos,com falta de tudo mesmo a própria ambulância para o transporte,não estar munida de grande material para o mesmo.
Na casa da paciente nos acercamos na cama da mesma,onde ela se encontrava sentada,de pernas abertas,quando não é o meu espanto a criança estava a nascer,ali nas minhas mãos que a aparou,logo de seguida cortamos o cordão umbilical,com uma navalha que esta ali a mão, no bolso do colega depois,de a mesma ser desinfectada,logo vimos ser um belo rapaz,logo de seguida Hospital.
Hoje anda aí bem,graças a Deus mal sabendo desta parteira,mas que eu sei quem é, por isso digo, fazer bem não olhar a quem.Estas coisas nos faz crescer ser fortes,para enfrentar a vida e a morte,se necessário.

Rabiscado por agulheta

Dia dos Animais

04.10.07, maripossa

Hoje é o dia de S. Francisco de Assis protector dos animais, por esta razão é o seu dia.Como eu adoro os animais tenho pena de não poder ter uma quinta para ter todos quantos eu gostaria, mas mesmo assim sempre tive cães gatos, coelhos galinhas, pássaros, peixes etc.

Para começar falo todas as manhãs logo que da cama levanto, para tomar o pequeno-almoço e falo com o meu Pavaroti) o canário pois adora cantar, tenho a gata Minuche) que adoro e vou postar a sua foto, passa á vida a dormir e comer, não gosta de ser incomodada, á noite lá vai para a cama da dona, se coloca ao meu lado, ali fica toda a noite, falo para ela, faz parte da família.

 

 

 

 

Esta linda senhora é a minha Gata Minuche! gostam...

 

 

Agora é hora de dormir...eheheh

 

Nomeação

04.10.07, maripossa

BLOG CINCO ESTRELAS

http://tibeu.blogs.sapo.pt/

Desta vez foi nomeda pela nossa amiga Tibeu,como sendo um blog cinco estrelas,fico muito honrada pelo feito,vou tentar nomear mas como é uma coisa que por vezes cuta um pouco lá terei de o fazer. Espero que ningém se sinta mal por este gesto.

florluz

luz_cintilante

sopoesia

recantodaalma

maresiaazul

 

 

Esperança

03.10.07, maripossa

Eu sei que é um pouco maçador falar de Bombeiros sempre,mas como foi este blog feito para o mesmo tenho ideias de ir colocando aos poucos um pouco da minha sabedoria,ao longo do tempo a fazer este serviço,mas para não maçar eu hoje vou colocar aqui um poema,para dar um pouco daquilo que gosto,quer fazer alguns quer postar de outros autores este de hoje é de um autor brasileiro mas que gosto muito


ESPERANÇA

Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenes
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
— ó delicioso voo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...


Mário Quintana

Emotivo

03.10.07, maripossa

Dias há que nos sentimos,mais emotivos do que outros esta coisa de ser Bombeiro mexe muito com nós em muitas situações,uma das quais as pessoas de idade,que tanto sofrem neste País,tão diferente de outros uns que conheço e outros,nem tanto assim,em alguns que falo, as pessoas idosas tem dignidade.Para não falar nos Hospitais ali estão os velhinhos, a espera dos familiares se vierem, depois andam de ambulância de lado para lado,uma tristeza! Trabalha-mos uma vida para quê,chegando a nossa reforma o que nos oferecem,estamos a falar de pessoas de idade,e não de gente jovem? pois a esses eles fogem para trabalhar onde lhe dão valor e auto-estima,agora falar em Bombeiros? este caso ainda é pior o que nos dão,isenção da taxa moderadora,pagar umas propinas! se estiver nos Bombeiros há mais de dois anos,ou então se morrer... aí coitadinho mal é dele que morreu,vão dar uns tostões e quando vier,a espera vai ser longa

Rabiscado por agulheta

Gaveta de Recordações

03.10.07, maripossa

Abri gavetas das recordações

Elas são as Dores os Papéis

De coisas escritas, e emoções

Pequenas cartas de amor

Como dói o silêncio, do olhar

Para esta gaveta e pensar!

Outras com desenhos, carinho

Pois essas são os desenhos dos filhos

Fotos antigas dos amigos e pais

Coisas que o tempo apagou

Mas ficou a recordação que o tempo

Jamais apagou e sempre sonhou

Rosas secas verdadeiras, datas especiais!

Lembranças apagadas jamais

Até o convite lá está guardado no coração

Era o da primeira comunhão,

Pequeno presente, que gosto muito.

O cacho do cabelo, o primeiro dente

Desta mulher e Mãe sempre presente

Mas guardo, numa bela caixinha.

Uma mulher baixinha, chamada Mãe.

A minha sempre! Mãe

 

maripossa/Lisa