Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Poluição

22.01.08, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5158376144210162722" />

Como água e óleo
Outro impacto significante da atividade humana nos oceanos é a poluição marinha. Não se trata apenas do petróleo que vaza de acidentes ou é jogado ilegalmente no mar. Apesar da alta visibilidade dos estragos marinhos causados pelo petróleo, este estrago é pequeno quando comparado com poluentes de outros tipos (incluindo esgoto doméstico, dejetos industriais, vazamentos de esgotos, restos urbanos e industriais, acidentes, sobras, explosões, abandono de estruturas e ferro-velho no mar, produção de petróleo, mineração, restos de nutrientes e pesticidas agrícolas, desperdício de fontes de calor e material radioativo).

Estima-se que os recursos terrestres sejam responsáveis por 44% dos poluentes que entram nos mares, enquanto os depósitos na atmosfera respondem por 33%. Em comparação, o transporte marítimo é responsável por apenas 12%.

Graeepece

Rabiscado por Agulheta

Felicidade

20.01.08, maripossa

A felicidade de cada um, não tem preso, pode ser rápida ou ligeira, mas é felicidade: mas sempre ouvi dizer que fazemos a felicidade por nossa cabeça, pois também é um pouco verdade, mas para ser feliz devemos de lutar por tal, ela   pode ter o tamanho que lhe quisermos dar, ser feliz de coisas simples ,não é preciso  ter barcos aviões, carros desportivos!
De que vale tudo isso se não tiver amor, amigos se não for leal para com eles...e eles para consigo
Pois a felicidade é desprendimento não é ambição, se deve saber perder e erguer a cabeça, se deve perdoar, eu sei que muitos magoam e dói a injustiça, muitos passam por cima da cabeça do outro, mas isso não dá felicidade, então se dá é passageira, pois para ser feliz  só basta saber, sobretudo amar!
Pois a minha felicidade tem muitas coisas que gosto e faço parte delas.
Ajudar,ver o jardim  tomar o meu café da manhã,ler as noticias,saber se os meus estão bem e agradecer por um dia bonito e estar viva e de saúde, pedir outro dia para amanhã, assim basta esta luta de ser feliz, mas sem nunca prejudicar ninguém.

 

Lisa/maripossa

Prémios

20.01.08, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5157698862227321842" />
Neste espaço,muitos de nós deixamos tristeza alegria,partilhamos muita coisa entre as quais amizade,daquela que nos leva a falar a comentar enviar email para saber o que é feito do amigo,se ele for sincero e honesto desse gostamos muito mais,não engana é solidário transmite alegria,mesmo que seu coração esteja triste,quantas vezes,alguns amigos que comento,gostaria de conhecer pois seria agradável,sei lá se algum dia! por vezes comento em blog que parecem a família, que está ali a minha espera,pois esta é a minha noção de amizade e não ao faz de conta,porque sei que muitos o fazem,gosto de dar a cara e como tal,aqui estou a agradecer as amigas,que atribuíram este prémio.
São elas
Isabel do blog---http://sophiamar.blogspot.com/
Carminda do blog--http://forum-cidadania.blogspot.com/
Maria do blog--http://ocheirodailha.blogspot.com/

A estas amiga agradeço de coração a amizade,atribuída e podem sempre contar com a mesma,agora terei de nomear alguns amigos e como tal é o difícil.
Vidas Magoadas
simplesmentemanuela
haflordapel
sentimentos
coisasdogui
houseoflorien
anascorpio
A todos os outros a minha desculpa,outra ves será.
Rabiscado por Agulheta

Perguntei...

18.01.08, maripossa

Perguntei.. O que é um sorriso,é
A mão de criança,o colo de mãe
Abraço de pai,e vou perguntando
O sorriso é paz de alma,alegria
Fraternidade,mão amiga acolhedora
abrir os braços, ao espaço, ao sol.
Apertar no peito a amizade,o amigo
mas ama-lo, as vezes que for preciso,
beber água da fonte,sentir a brisa leve
no corpo e brevemente  na pel.
Pois o sorriso... é não estar calado a diferença
Lutar pela igualdade,pela liberdade,por tudo
Isto... eu ,perguntei o que é um sorriso,és tu amigo.

Lisa/2008

Defender as Baleias

17.01.08, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5156528616783148002" />
Superexploração, trapaça, esvaziamento. O ciclo de ganância por trás da indústria global de caça às baleias levou uma população de baleias atrás da outra ao desaparecimento. Ainda não se sabe se algumas espécies irão se recuperar algum dia, após décadas de proteção.

A estatísticas dizem tudo. A população de baleias azuis da Antártica representa hoje menos de 1% de sua população original, apesar dos 40 anos de completa proteção. Algumas espécies de baleias estão se recuperando, outras não. Apenas um grupo, o de baleias cinzentas do Leste do Pacífico, parece ter voltado aos números originais, mas sua parente próxima, a baleia cinzenta do Oeste do Pacífico, é a mais ameaçada do mundo. Ela está à beira da extinção com apenas 100 exemplares restando no mundo.

Greenpeace


Rabiscado por Agulheta

Corações em Silêncio

16.01.08, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5156179418762113970" />
Sinopse


Confrontado com situações de extremo perigo, Taylor McAden, bombeiro voluntário, expõe-se até ao limiar do perigo. Denise é uma jovem mãe solteira, cujo filho de cinco anos sofre de um inexplicável atraso de desenvolvimento e a quem ela devota a sua vida numa tentativa de o ajudar. Mas o caso vai aproximar estes seres. Numa noite de tremendo temporal, Denise sofre um acidente de automóvel e é Taylor quem vem socorrê-la. Embora muito ferida, a jovem depressa toma consciência de que o filho já não se encontra na sua cadeirinha do banco traseiro. Taylor irá até ao fim de uma angustiante noite de buscas para o encontrar. Foram tecidas as primeiras malhas que os irão unir - o pequeno Kyle desabrocha ao calor da ternura daquele homem. Denise abandona-se à alegria de um amor nascente. Mas Taylor tem em si cicatrizes antigas, que o não deixam manter compromissos de longa duração. Nicholas Sparks, esse talentoso contador de histórias, intervém com a sua magia redentora e a sua inigualável capacidade de aprofundar a complexidade das relações e dos afectos.

NICHOLAS SPARKSComprei este livro,estou a começar a ler, deixo aqui um pouco do mesmo e convido a lerem o mesmo,tem uma história de muita ternura e amor... como sempre, eu gosto que falem de Amor pois ele é o suporte da vida

Rabiscado por Agulheta

A Rosa e o Ser

16.01.08, maripossa

Num ímpeto apaixonado, abraçou a rosa.
- Ai ! - Gritaram um e outro.
Um espinho acerado, perfurara a inocência do seu coração.
As pétalas ainda meio descerradas ficaram machucadas, e foram caindo.
Mas do âmago da rosa uma aura doirada se soltou e a ferida cobriu.
A gota de sangue, nele se envolvendo, na terra se embebeu.
O ser pequenino, elevou-se e pousou no coração da flor o seu coração ferido.
Reflectiram juntos acerca da angústia de amar-se demasiado.
A rosa sentiu o calor de uma lágrima e murmurou:
- Não chores, porque nem me destruíste nem o teu sangue se derramou em vão...
o pólen de soltaste, não se perdeu, fecundou o gineceu que esperava este momento. E o teu sangue derramado alimentará a nova roseira por que vim.
Juntos seremos eternos, pois o amor além da brevidade nos guiou.


 

Maria Petronilho


Prémios e Desafios

13.01.08, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5155118003494253442" />
A Blogesfera é um espaço onde se cria amizades,se demonstra sentimentos se diz algumas verdades,e muitas vezes solidão,muito antes de começar, muitas vezes vinha por aqui,mas tudo para mim era um pouco estranho,depois de comentar no espaço de um querido amigo,ele me deu a ideia de fazer um! Ainda fiquei a pensar,mas no dia a seguir,la comecei o blog maripossa,de seguida outro e mais outro assim foi começando,e nascendo esta ideia,mas voltarei falar dele estes dias, pois está perto de comemorar aniversário.
Agora do que vou falar é de um prémio oferecido pela amiga http://sophiamar.blogspot.com/ da qual estou grata pelo carinho e amizade,vou tentar corresponder ao mesmo,e tentar nomear os que eu ache,mas como eu penso que muitos o merecem,por muitas razões pela poesia,pela intervenção pela solidariedade,por tudo aqui vai e me desculpem o resto
http :/ tempoparaamar.blogspot.com /Amiga que entrou a pouco pelo meu espaço,mas que tem o coração grande e sensível
http :/ ecosdotempo.blogs.sapo.pt /Pela doçura e cultura da escrita e solidariedade
http :/ isabelsushi.blogs.sapo.pt /A amiga Isabel, pela amizade carinho pela mesma e amiga das pessoas atenta!
http :/ houseoflorien.blogs.sapo.pt / A Sindarin,desde que comecei nos blog,que troco palavras de amizade,amiga do seu amigo,fiel a família e sempre atenta pelas causas
http :/ amigonasempreblogger.blogspot.comPela solidariedade demonstrada pelas pessoas de idade e principalmente pelo amor pela neta,bem hajas.
http :/ simplesmentemanuela.blogspot.com /
Amiga que tivemos uma troca de pareceres,mas sempre cordial,amiga do seu amigo gosto muito dela beijo linda
http :/ a-papoila.blogspot.com /A Papoila,pela sua 200 postagem por ela ser das minhas raízes,pela delicadeza escrita,sensibilidade para alguém que escreve com amor.

A todos os outros desculpa por não ser agora ficará para a próxima vez

Um dia Simplesmente!!!

13.01.08, maripossa

Ontem foi dia do meu voluntariado. Como é normal se entra as vinte e uma hora, e se sai de manhã.
Chegada ao local, é um vestir o nossa farda, ver se temos as coisas em ordem na Ambulância, ver se a equipa esta tudo em ordem, depois de ver estes procedimentos, informamos os superiores e vamos até ao bar, das instalações descontrair, ver um pouco a televisão falar com os amigos e outras coisas que nos venham a mente, como foi durante a semana se o anterior grupo a nós, tinha tido muito que fazer na noite anterior, se tudo tinha corrido pelo melhor, se as SIV foram a mesma chamada de nós!!! mas aí é que paira a questão, a população antes nos quer a nós, não gostam deles... até nos rimos, se calhar era melhor eles virem para as nossas instalações e assim seria uma família.
Mas antes de eu ir para o bar, me aconteceu algo que me deixou um pouco abalada, para a noite que se avizinhava, pois dei um tombo, meti um pé num buraco e caí desamparada, ainda dói um pouco o pé, tirando de uns arranhões nas mãos, está tudo bem, mas continuei o meu serviço, estou habituada a isto, cai e levanta.
A noite estava bastante fria e chuvosa, se trabalhou até as 4 horas da manhã, depois fomos para a cama, até a hora de sair, estou tão habituada a esta minha vida de dar um pouco! Que um dia quando tiver que parar vou sentir a falta disto tudo


maripossa

 

 

 

Natureza

12.01.08, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5154381442372793170" />
A música vem da natureza,
agora mais do que nunca.
Amo as árvores, as pedras,
os passarinhos.
Que a gente esteja contribuindo
para destruir,o que nos deram.
Vamos preservar,respirar em plenos
pulmões,as flores as árvores
Beber água do rio,ouvir os pássaros
É dever de todos nós


Rabiscado por Agulheta