Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Caminho

28.10.08, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5262325810745711746" />

A minha alma tem o poder do amor
Da paixão da música,das palavras
Tem o poder da esperança,da criança
Uma chama de calor,e amor que ilumina

O caminho! me fez correr,seguir destino
Iluminar meus paços,e abraços, tem força.
Me afasta da solidão, do mal,e escuridão
A minha alma tem a força do abraço

Sincero e terno,do encantamento dum olhar
Do simples cantar,do pássaro da água
Que corre no rio, da neve, do frio do luar
Como de um belo desfolhar de uma flor

Lisa

Os fios dos Estendais

28.10.08, maripossa

Os fios dos estendais entoam nos pátios como gritos de bailarinas.São coisas lindas, os pátios. Mostram as janelas que suportam roupas. E uma chuva húmida e quente estremece e dança no pátio. Lambe-o e deixa-o devassado.Mais belo que campo de trigo.

He-le-na.

E da helena correm gotas de avelã que inundam o pátio de prazer.E de helena se levantam braços que seguram o branco do lençol entre os dedos, que o arrastam pelo fio que treme, que apertam, que puxam, que passam pela pele, que o levam rendido...

 

Maria Santos

 

(foto google)