Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

OCEANOS

24.11.08, maripossa


Os oceanos são feitos de gotas d'água...

Para ser ouvido, fale, para ser compreendido, exponha claramente suas idéias sem jamais abrir mão daquelas que julga fundamentais apenas para que os outros o aceitem.
Acima de tudo, busque o prazer antes do sucesso, a auto-realização antes do dinheiro, o fazer bem feito antes de pensar em obter qualquer recompensa.
Nenhum reconhecimento externo vai substituir a alegria de poder ser você mesmo.
Para poder recomeçar sempre, perdoe-se pelos fracassos e erros que cometer, aprenda com eles e, a partir deles, programe suas próximas ações.
Nunca se deixe iludir que será possível fazer tudo num dia só ou quando tiver todos os recursos: tal dia nunca virá.
Para se manter motivado, sonhe.
Para realizar, planeje, pensando grande e fazendo pequeno, um pouco a cada dia e todos os dias um pouco, Porque são pequenas gotas d'água que fazem todo o grande oceano...

(autor desconhecido)

Samba

21.11.08, maripossa


Para descontrair no fim de semana,vamos dançar um pouco para não lembrar das tristezas do dia a dia. Sejam felizes, vou fazer por tal.
Já agora vejam o cavalheiro com ritmo e descontração que conduz a dama,e pela forma como dança.

ESTE SAMBA SE DANÇA NO SOCIAL,OU SEJA DANÇA DE SALÃO

Flor e Amizade

21.11.08, maripossa

Quando nasce uma flor, ela recebe do sol a energia de que ela precisa, da água o oxigênio fundamental para sua sobrevivência e, claro, não poderíamos deixar de mencionar a terra de onde ela tira nutrientes que irão complementar tudo de que ela precisa para viver.

Essa flor, com o passar do tempo, poderá permanecer bela, com vigor, exalando o perfume característico de sua espécie, se tudo o que ela precisar continuar ao seu redor, ao seu alcance.

Quando vem a tempestade, ela irá lutar com as suas forças para continuar a sobreviver, pode até perder alguma pétala, mas ela é forte para seguir adiante até se recuperar, pois apesar de frágil, a vida, o instinto de sobrevivência fala mais alto e após essa experiência ela torna-se até mais mais forte do que antes.

Na nossa vida dá-se o mesmo, nascemos, crescemos e passamos por diversas situações que às vezes não sabemos o porquê nem a razão do que nos acontece, mas sabemos que depois elas nos tornarão mais fortes para outros momentos adversos que voltarem a surgir em nosso caminho.

A amizade é um bem precioso que surge na vida das pessoas quando menos se espera, tornando a nossa vida mais feliz.

Compartilhamos muitos momentos com os amigos, com alguns mais do que com outros, por afinidade, por confiança ou por força de circunstâncias.

Da mesma forma que a flor, a amizade precisa de cuidados para continuar com a mesma força e intensidade, mas a distância, as adversidades, o corre-corre do dia-a-dia, o tempo, faz com que a amizade sofra certa perda, o que não significa que ela enfraqueça, apenas se modifique.

Mas, com certeza, se ela for verdadeira e sincera, ela terá da mesma maneira que a flor, forças para se manter, e muitas vezes será até mais sólida porque nasce a saudade, um ingrediente a mais que vem para completar.  

 

(texto enviado por email)

 

 

Sonhos Feitos ou Desfeitos!

20.11.08, maripossa

Duas coisas na vida são iguais. No nascer e no morrer, uns nascem em berço de ouro, outros de simples palhas. Mas a uma coisa todos temos direito, aos sonhos. Tantos são que afloram na vida de cada um, que raras vezes não podemos concretizar.

Uns pela falta de meios económicos, outros por falta de trabalho, outros pela doença.

Então se somos iguais porque não podemos! Quem falha com nós a sociedade consumista que nos enterra e não dá espaço para conseguir, a política, falta de capacidade…acho que não e disso somos capaz já demos muitas provas.

Como sempre gosto de observar o que me rodeia, e sou atenta a muitas coisas, cada vez vejo pessoas com menos meios para realizar os sonhos que um dia sonharam para si e filhos, hoje estão virados ao fracasso porque a sociedade ou alguém com responsabilidade, lhe corta as pernas para acabar com o sonho.

Mas temos os protegidos da sociedade, os que compram tudo feito e a horas, depois se choram por qualquer coisa, não tem e não tem, e pronto, lá vai mais um dinheirito para o bolso, a isto chamo a lei do mais forte pelo fraco. Perante isto quem tem responsabilidade deve olhar para o lado e ver, quem tem necessidade de ajuda, porque na hora de ir, para o outro lado, somos iguais! Mas aí os protegidos levam a caixa mais dura para não ter frio…o pobre serve uma caixa qualquer, até embrulhado ele vai, se for o caso, e se tiver quem pague a partida… estão a pensar, para onde, para o outro lado, o mesmo que não tem volta, E lá se acabam os sonhos, de uns e de outros, mas uns levam na bagagem tudo que viram e gozaram. Os outros levam uma vida de tristeza e solidão, e seu sonho morreu ali naquele dia e naquela hora.

Lisa

Sonhos Feitos ou Desfeitos!

20.11.08, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5270776346196890786" />

Duas coisas na vida são iguais. No nascer e no morrer, uns nascem em berço de ouro, outros de simples palhas. Mas a uma coisa todos temos direito, aos sonhos. Tantos são que afloram na vida de cada um, que raras vezes não podemos concretizar.
Uns pela falta de meios económicos, outros por falta de trabalho, outros pela doença.
Então se somos iguais porque não podemos! Quem falha com nós a sociedade consumista que nos enterra e não dá espaço para conseguir, a política, falta de capacidade…acho que não e disso somos capaz já demos muitas provas.
Como sempre gosto de observar o que me rodeia, e sou atenta a muitas coisas, cada vez vejo pessoas com menos meios para realizar os sonhos que um dia sonharam para si e filhos, hoje estão virados ao fracasso porque a sociedade ou alguém com responsabilidade, lhe corta as pernas para acabar com o sonho.
Mas temos os protegidos da sociedade, os que comparam tudo feito e a horas, depois se choram por qualquer coisa, não tem e não tem, e pronto, lá vai mais um dinheirito para o bolso, a isto chamo a lei do mais forte pelo fraco. Perante isto quem tem responsabilidade deve olhar para o lado e ver, quem tem necessidade de ajuda, porque na hora de ir, para o outro lado, somos iguais! Mas aí os protegidos levam a caixa mais dura para não ter frio…o pobre serve uma caixa qualquer, até embrulhado ele vai, se for o caso, e se tiver quem pague a partida… estão a pensar, para onde, para o outro lado, o mesmo que não tem volta, E lá se acabam os sonhos, de uns e de outros, mas uns levam na bagagem tudo que viram e gozaram. Os outros levam uma vida de tristeza e solidão, e seu sonho morreu ali naquele dia e naquela hora

Pressa de Viver

18.11.08, maripossa

Nascemos e exigimos desde logo o nosso espaço.Temos pressa de viver, guardamos para o fim o que idealizamos, aquilo que sonhamos ser nosso mote de imortais. Imaginamos grandes discursos, sonhamos altas posições.

Se fôssemos... Se pudéssemos...Se...

_ Amanhã.hoje não posso; não tenho tempo.Sabes muito trabalho! Ando estoirado.Quase não durmo.Amanhã,hoje não posso,,não tenho tempo.

mas amanhã eu faço,amanhã eu grito,amanhã eu luto,(...)

_Amanhã não haverá mais crianças nuas quando desço a minha rua, _amanhã aquele velhinho pobre terá casa... Mas amnhã...hoje já não tenho tempo. Muito trabalho,sabes?!

 

 

 

Adelina Cardoso Barradas

 

Como fazer um amor durar

18.11.08, maripossa

(foto google)

Uma mãe e a sua filha estavam a caminhar pela praia. Num certo ponto, a menina disse :
- Como se faz para manter um amor ?
A mãe olhou para a filha e respondeu :
- Pega num pouco de areia e fecha a mão com força...
A menina assim fez e reparou que quanto mais forte apertava a areia com a mão com mais velocidade a areia se escapava.
- Mamãe, mas assim a areia cai !!!
- Eu sei, agora abre completamente a mão...
A menina assim fez mas veio um vento forte e levou consigo a areia que restava na sua mão.
- Assim também não consigo mantê-la na minha mão!
A mãe, sempre a sorrir disse-lhe :
- Agora pega outra vez num pouco de areia e mantenha na mão semi-aberta como se fosse uma colher...
bastante fechada para protegê-la e bastante aberta para lhe dar liberdade.
A menina experimenta e vê que a areia não se escapa da mão e está protegida do vento.
É assim que se faz durar um amor...

(desconhecido o autor)

Amigos

17.11.08, maripossa

A verdadeira amizade está acima de quaisquer valores financeiros.
Todo o dinheiro do mundo não seria suficiente para adquirir uma amizade leal, já que é um sentimento que não está à venda.
E por mais rico que seja um ser humano, ele não será completamente feliz se não contar com, pelo menos, um amigo fiel.
De nada valeria ser a pessoa mais famosa do mundo, se não pudesse contar suas alegrias a um amigo.
De nada adiantaria ter todas as riquezas materiais que o mundo pode oferecer, se não houver uma amizade para compartilhar.
Por outro lado, ainda que a pessoa seja a mais pobre da face da terra, se tiver um amigo verdadeiro, nunca passará necessidade.
Quando outras emoções se enfraquecem no vaivém dos choques, a amizade perdura, companheira devotada das pessoas que se estimam.
Ter amizade é ter coração que ama e esclarece, que compreende e perdoa, nas horas mais amargas da vida

 

sabedoriadosmestres

 

 

Orla marítima

17.11.08, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5269683003418165394" />


O tempo das suaves raparigas
é junto ao mar ao longo das avenidas
ao sol dos solitários dias de dezembro
Tudo ali pára como nas fotografias
É a tarde de agosto o rio a música o teu rosto
alegre e jovem hoje ainda quando tudo ia mudar
És tu surges de branco pela rua antigamente
noite iluminada noite de nuvens ó melhor mulher
(E nos alpes o cansado humanista canta alegremente)
«Mudança possui tudo»? Nada muda
nem sequer o cultor dos sistemáticos cuidados
levanta a dobra da tragédia nestas brancas horas
Deus anda à beira de água calça arregaçada
como um homem se deita como um homem se levanta
Somos crianças feitas para grandes férias
pássaros pedradas de calor
atiradas ao frio em redor
pássaros compêndios de vida
e morte resumida agasalhada em asas
Ali fica o retrato destes dias
Gestos e pensamentos tudo fixo
Manhã dos outros não nossa manhã
pagão solar de uma alegria calma
De terra vem a água e da água a alma
o tempo é a maré que leva e traz
o mar às praias onde eternamente somos
Sabemos agora em que medida merecemos a vida

Ruy Belo

Dia da Memória das Vítimas Acidentes Redoviários

16.11.08, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5269343641047774994" />

Neste dia de triste memória para muitos,quero lembrar que nós sabemos e vimos com nossos olhos,a desgraça que bate a porta de cada um num minuto ou segundo.
Na minha vida de socorro e Bombeiro que sou,lamento as perdas, a vida humana não tem preço,o chegar aos locais e ver as coisas que ficam diante dos nossos olhos para fazer, ou por menos tentar.Quando estamos de serviço,e nos encostamos durante a noite,principalmente no fim de semana,logo sentimos no burburinho e da azafama no quartel,que algo se está a passar,começa a tocar telefones e a sirene,toca a sair a toda a presa para o local,a chegada lá nos deparamos,com coisas que jamais em tempo algum iremos esquecer.E quando no local é alguém que conhecemos e lidamos no dia a dia! aí o sofrimento se torna maior, na foto que irei colocar foi de um acidente depois de uma noite mal dormida e de alguma euforia,acabou muito mal para os ocupantes,jovens que ali perderam a vida,a velocidade é muita e poucos a respeitam,a bebida e falta de civismo à mistura,assim é esta vida de todos os dias e todas as horas.
Para as vítimas da estrada que poderiam ser nossa família ou nós,a paz estejam com todos eles.