Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Dia da Terra

22.04.09, maripossa

 Hoje é assinalado o dia da terra! mas como agora há dias para todas as coisas,será mais um? Mas este se diga de verdade, que tem toda a lógica, pois sem esta terra não temos outra, imigrar para onde,e se nesta tem de caber tanta gente. Mas eu gostaria que esta terra onde todos os povos do mundo habitamos fosse devidamente cuidada e respeitada. mas quem pensa nisso,só o fará quando a água for escassa e lutar pela gota que cada dia escasseia mais, quando os montes estiverem todos queimados,e não se poder respirar,que cortem as florestas tropicais para uso dos poderes,quando tudo estiver poluído, os carros serem mais de que nós todos, se nas águas do mar não deitassem os lixos tóxicos e depois comer o peixe contaminado? se as terras fossem cultivadas como devia e sem adubos, para todos morrerem de cancro? Que deixassem os animais no seu habitat natural e não os comercializassem para ganhar dinheiro.Que deixassem de matar baleias a luz do dia e deixar as águas vermelhas...dizem para sobreviver? mas quem vê que temos pouco tempo para preservar o que é de nós todos, vamos reflectir neste problema que é de todos, e pensar nos filhos e nos netos, na herança que um dia lhe vamos deixar.

 

Lisa


 

Prémios Oferecidos

21.04.09, maripossa






Recebi da Filomena.Http://filomena-cantinho-dos-premios.blogspot.com Os prémios que aqui vou postar.É sempre bom receber estes miminhos, é sinal que os amigos se lembram de nós.No meu blog, tento ser amável amigo e sem vaidade de coisa alguma e simples como sou habitualmente,mas com estes prémios todos? Sei que muitas vezes não é fácil entender as diferentes opiniões,mas como estou aqui pela amizade e gosto pela partilha,amizade e muita paz,a mesma que é preciso nos dias que correm.Os prémios aqui estão e para não diferenciar nenhum, todos os amigos que aqui venham podem levar os mesmos,pois sei que o merecem,com carinho e amizade aqui estão para vós
Lisa

Chamas

20.04.09, maripossa

Quatro velas estavam queimando calmamente.
O ambiente estava tão silencioso que
podia-se ouvir o diálogo entre elas.
A primeira disse:
Eu sou a Paz! Apesar da minha luz
as pessoas não conseguem manter-me acesa.
E diminuindo sua chama devagarzinho, apagou-se totalmente.
A segunda disse:
Eu me chamo Fé! Infelizmente sou supérflua para as pessoas.
Por que elas não querem saber de Deus,
por isso não faz sentido continuar queimando.
Ao terminar sua fala,
um vento bateu levemente sobre ela, e esta se apagou.
Baixinho e triste a terceira vela se manifestou:
Eu sou o Amor! Não tenho mais forças para queimar.
As pessoas me deixam de lado,
por que só conseguem enxergar elas mesmas,
esquecem até daqueles que estão à sua volta.
E também se apagou.

De repente... entrou uma criança e viu as três velas apagadas

Que é isto? Vocês devem ficar acesas e queimar até o fim.
Então a quarta vela falou:
Não tenhas medo criança,
enquanto eu estiver acessa podemos acender as outras velas.

Então a criança pegou a vela da Esperança
e acendeu novamente as que estavam apagadas.

Que a vela da Esperança nunca se apague dentro de você...

 

(Autoria Desconhecida)

As Árvores do Mar

20.04.09, maripossa


Enquanto escrevo
sobre o vento que passa
Entre os pinheiros

sobre as águas que deslizam
nos caminhos do mar

O pinheiro balanceia
As águas reproduzem-se
O vento respira

Abandono então o poema
E sento-me a ver o peixe
Voluptuoso a ouvir o corpo
Em sua morada

E não faço nada
Porque não há nada
Para fazer

Casimiro de Brito

A Amizade É !

17.04.09, maripossa

O mais nobre dos sentimentos, Cresce à sombra do Desinteresse,
Nutre-se brindando-se e floresce a cada dia com a Compreensão.
Seu lugar está junto ao amor.Porque ela é também amor.
Somente os honestos podem ter amigos, porque à amizade o mais leve dos cálculos a fere.Como é um bem reservado aos eleitos, é o sentimento mais incompreendido e o pior interpretado.Não admite sombras nem fingimentos,rusticidade nem renúncias.
Exige no entanto sacrifício e coragem,compreensão e verdade,
VERDADE! acima de todas as coisas.Com as pequenas coisasdo dia a dia cresce nossa amizade.Desejo que sempre seja assim.


sabedoria dos mestres

Deve ser Brincadeira?

17.04.09, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5325683518540186562" />
(Foto da Net)
O tempo passa rápido mas não se esquece o bem e o mal.Foi na noite 4 de Março de 2001,tinha acabado de chegar a casa do meu trabalho,me sentei frente a TV, a comer alguma coisa e ouço a noticia que fez calar o país e não só. Tinha caído a ponte Hintze Ribeiro,era só uma ponte parecia,mas não, tinha perdas de vidas humanas entre as quais famílias inteiras? Mas o porque destas palavras,ao longo da minha vida de Bombeiro (a) ao serviço de uma causa Vida por Vida,este dia doeu forte e fiquei sem fala,por tamanha catástrofe que fez perder tantas vidas.Já vi com meus olhos muita coisa,em que ficamos petrificados pela desgraça,a esta eu digo não tenho palavras para explicar a dor que muitos sentiram e eu naquele momento,mas principalmente a família. Os poucos que apareceram,tem um lugar para a família os venerar se quiser,os outros lá ficaram no rio,presos as areias? Se calhar,muitos passarão pela ponte,a nova claro que a velha está e conta a tragédia,a culpa foi de A,B,C, todas morrem solteiras.Depois deste tempo pedir contas a justiça às famílias por eles terem o direito de saber o porquê? Mas agora vamos todos pensar antes de sair de casa,não vá um telhado lhe cair em cima,ou cair ao rio e depois temos culpa por morrer?anda alguém a gozar com a paciência de todos nós... quem não sei,mas como gostaria.

Aceitação

15.04.09, maripossa

Por que simplesmente não aceitas os fatos
e vives a vida com tudo que ela te oferece?

Te perdes e perdes tanto tempo procurando explicações
para as explicações, que a razão verdadeira acaba ficando terrivelmente mutilada, transfigurada,
e o fato perde a razão de ser.

É na simplicidade e na alegria com que vives
e realiza as tarefas, desde as maiores até
as menores, que encontrarás respostas.

Quando cessarem tuas buscas e tua alma aceitar
"sem lutas", todo o teu dia-a-dia, terás então,
enfim satisfeita, tua necessidade de questionar.

Verás simplesmente o que simplesmente recebestes,
e distribuirás fartamente o que simplesmente tens na vida:
a própria vida!  
 
sabedoria dos mestres

 

 

Era madrugada

15.04.09, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5324958775665839986" />


Era madrugada? Como tantas outras que passei mas esta era diferente.O silencio se tornou dia. O aclarear uma aurora,as vozes não eram roucas,os olhares transparentes e cristalinos como água.
No caminhar da rua os passos eram firmes e precisos,as pessoas se cruzavam,e sua maneira era cúmplice de algo que se conta aos amigos, parecia que a vida tinha parado naquele instante, a dizer uns para os outros estamos aqui,com força e determinação para avançar neste novo dia. O medo,esse ficou na soleira da porta nessa madrugada,como ficaram os cardos e opressões,e o frio na espinha que assolava em qualquer instante. Em poucas horas somente,o medo passou,bem longe a ilusão da miséria e da fome? Era Abril,um dia diferente, mas muito ausente já...hoje é o mesmo Abril, mas as pessoas sem esperança, continuam tristes,com miséria,e vejo que voltaram a estar na soleira da casa sombria, de braços cruzados para tudo e sem solução... me renego e digo não!Basta... onde está Abril de flor vermelha que espalhou alegria nos corações,a mesma que todos nós esperamos,que desabroche sempre como nessa madrugada,em que o silêncio ficou dia.

A Liberdade e a Justiça

13.04.09, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5324220982305106370" />
(foto daqui)

A revolução do século XX separou arbitrariamente, para fins desmesurados de conquista, duas noções inseparáveis. A liberdade absoluta mete a justiça a ridículo. A justiça absoluta nega a liberdade. Para serem fecundas, as duas noções devem descobrir os seus limites uma dentro da outra. Nenhum homem considera livre a sua condição se ela não for ao mesmo tempo justa, nem justa se não for livre. Precisamente, não pode conceber-se a liberdade sem o poder de clarificar o justo e o injusto, de reivindicar todo o ser em nome de uma parcela de ser que se recusa a extinguir-se. Finalmente, tem de haver uma justiça, embora bem diferente, para se restaurar a liberdade, único valor imperecível da história. Os homens só morrem bem quando o fizeram pela liberdade: pois, nessa altura, não acreditavam que morressem por completo.

Albert Camus

Reflectir nas Palavras

13.04.09, maripossa

Eu gosto muito de palavras.Mas temos de proferi-las com gosto sabedoria e alguma contenção das mesmas. Assim são elas as verdadeiras e precisas na hora da verdade. Mas muitas vezes o que vejo é serem proferidas sem sabedoria e sem um pouco de humanidade. Numa semana que acabou, e pedia alguma reflexão das pessoas sobre tudo que se passa em sua volta. Depois de ver tamanha catástrofe natural a que se passou em Itália, vir uma pessoa que tem poder politico dizer que era o mesmo que estar num fim de semana? Pessoas destas jamais deviam abrir a boca para disparates destes, como estaria as pessoas neste momento de dor, sem haveres, sem trabalho, e sem nada do que lhe custou a ganhar com o suor. Antes de proferirem seja o que for, devem calar a boca e não a abrir, pois incomodam os mais sensíveis como a mim me incomodou, basta de tolérias... e já agora o Vaticano que tem poder e dinheiro se ajuda-se um pouco.Os musuléus para quem precisa nada lhe diz, as palavras encorajadoras fazem falta o apoio igual, é um acto de fé e esperança,mas nem só de palavras e algumas (rezas) as vai fazer esquecer, para quem perdeu tudo, haveres e familiares, mas outras coisas necessitam, trabalho e uma casa urgentee muito apoio,quer psicologico quer monetário,e uma cidade como aquela não se constói em dois "meses" isto o que li.

Lisa

 

fotos sapo