Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

FELIZ ANO 2011

29.12.10, maripossa

Mais um ano passou e muita coisa aconteceu.Este blog sempre tentou fazer o melhor,em partilha, amizade e afectos.A vida não tem sentido quando não tentamos interagir entre todos com fraternidade e sem egoísmo.Sempre o tenho feito ao longo destes anos que ando por aqui,não gosto de dizer mal de ninguém,quem vier por bem tem a porta sempre aberta,em paz e amizade e sempre assim será.
Vamos tentar que o novo ano que se avizinha,e todos sabemos com dificuldades para alguns e não para todos,que saibamos dar uma palavra amiga a quem dela precisar.
Ser melhor,tentar corrigir o que não está bem...mas sempre com cabeça no lugar,assim é a minha forma de pensar.
Por aqui vou tentar escrever as palavras dos poetas,algumas minhas e se calhar muitas que devem ser ditas na hora certa.
Como tal este blog deseja aos seus amigos,e todos que seguem o mesmo um ANO NOVO DE 2011 COM MUITA PAZ,AMOR E PRINCIPALMENTE MUITA SAÚDE.Que todos fiquem bem e sejam felizes um pouco porque a vida diária já é uma chatice.

 

Lisa

 

 

 

Feliz Natal

21.12.10, maripossa

Um Feliz Natal e Boas Festas para os amigos que por aqui vierem,com saúde amizade e harmonia no seu seio familiar.

 

Lisa

 

Sonho _Natal

17.12.10, maripossa

Era natal igual a tantos outros que se passaram.A verdade é que cada um tem algo diferente,histórias reais, bizarras ou de dor.
Já algum tempo conheci uma menina que o seu sonho era o natal,mas um Natal de letra grande que lhe touxesse amor paz igualdade e nada de supérfluo e correria,o amor ela teve e muito,o resto continua a ser um sonho.O velho homem das castanhas que assava até a hora de ir para casa jantar com seus filhos,a mulher que vendia na rua os saquinhos dos pinhões e as pinhas para quem se atrevesse na mesa em as partir.Era esperado o chefe da família o Pai,e tudo corria para ele vendo que trazia nos embrulhos.Se esperava o amortecer do lume, o arrefecer do fogão que serviu para confeccionar o jantar da família,para todos em algazarra correr para ele e colocar os sapatos esperando que o dia amanhecesse para ver o que continha.Ao outro dia ele continha os chocolates chamados "charutinhos" e que bom eles eram,assim era a felicidade contida em pequenas coisas que hoje em dia ficaram ultrapassadas pelo tempo.Se importou muito Natal,todos as coisas que se compram no fundo acabam por sobrar, e nem falta fazem,mas a azáfama das compras assim o dita.
Alguns foram de dor,quando se tinha que estar de serviço e não se podia estar em casa com a família,em correria nos deslocava-mos para as viaturas quando alguma chaminé pegava fogo,quando se corria para acudir num acidente e lá víamos ficar uma pessoa porque já nada se podia fazer...este era o Natal da dor,que dói muito até as membranas da força.lá vínhamos a pensar no caminho o porquê!! Toca a lavar a cara de água fresca e tentar que continue a vida a correr com aquela vontade de a noite se fazer dia,para voltar a casa e abraçar os nossos e sentir o amor naquele instante como o mundo nos fosse melhor mais humano e solidário...assim foram muitos Natais

 

Lisa

 

 

 

Palavras

10.12.10, maripossa

Tempos houve que não havia um dia que fosse que eu por aqui não viesse.Tudo muda  e até a vontade de visitar se vai perdendo dia para dia,não penso sequer em deixar estes espaço que criei com muito trabalho e vontade de o fazer.Muitos amigos por aqui vieram,outros foram ou deixaram os blogs,aos que venham, por quem eu tenho consideração e estima,nunca deixarei de dizer um olá. Esta semana tive uma avaria no servidor e só ontem ficou a funcionar como devia,,como tal hoje deu a tal vontade de escrita e falar um pouco.

É com alguma nostalgia que neste momento vivo o natal,me lembra os que partiram,quem não tem um tecto,comer e uma cama para dormir.Todos os dias ao acordar quem tem o necessário para ser feliz devia agradecer aos céus pelo facto,mas sempre se queixam de qualquer coisa,se chove se faz sol...enfim como a vida é difícil.Como estamos a uma semana dele Natal, vamos tentar fazer um sorriso e alegrar as crianças,mesmo que tenha-mos pouco,vamos partilhar um pouquinho do que temos por aqueles que vivem momentos maus e complicados,principalmente familias sem trabalho.

Beijinho a todos os amigos deste blog e bom fim-de-semana

 

Lisa