Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Lembranças do Pai

06.02.07, maripossa

Era menina de pouca idade,tranças no cabelo com fitas vermelhas,vestido de chita, tinha como padrão cerejas.Como estava feliz nesse dia pois ía ao cinema pela primeira vez,para ver o filme CINDARELA pois foi uma alegria,chegando ao entervalo do filme o meu Pai me deu para comer rebuçados,de mel.. pois não mais esquecia,estava numa felicidade que alguém jamais pode imaginar.

Quando acabou o filme e sempre de mão dada pela rua fora, directos a casa, mas ao passar numa pastelaria o meu Pai entrou,e nos sentamos na messa da pastelaria a comer,café com leite e pastéis,pois nunca tinha tido um dia assim,tão bom..na hora de ir para casa sempre de mão dada,ou entar em casa não calava de tanta felicidade,quando chegou a hora de dormir enquanto minha mãe me vestia o pigama,eu sonhava acordada,na hora de adormecer eu entrava no papel de CINDARELA embora a hora de chegar a casa fora antes da meia noite eu não tinha perdido o sapato para encontar o meu principe,pois o meu o tinha apertado na minha mão e juntinho ao coração,a pensar nisto logo o sono chegou..pois amanhã era outro dia....PARA TI PAI

7 comentários

Comentar post