Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Vive o Instante que Passa

11.09.09, maripossa

Vive o instante que passa. Vive-o intensamente até à última gota de sangue. É um instante banal, nada há nele que o distinga de mil outros instantes vividos. E no entanto ele é o único por ser irrepetível e isso o distingue de qualquer outro. Porque nunca mais ele será o mesmo nem tu que o estás vivendo. Absorve-o todo em ti, impregna-te dele e que ele não seja pois em vão no dar-se-te todo a ti. Olha o sol difícil entre as nuvens, respira à profundidade de ti, ouve o vento. Escuta as vozes longínquas de crianças, o ruído de um motor que passa na estrada, o silêncio que isso envolve e que fica. E pensa-te a ti que disso te apercebes, sê vivo aí, pensa-te vivo aí, sente-te aí. E que nada se perca infinitesimalmente no mundo que vives e na pessoa que és. Assim o dom estúpido e miraculoso da vida não será a estupidez maior de o não teres cumprido integralmente, de o teres desperdiçado numa vida que terá fim.

 

Vergílio Ferreira

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    maripossa

    14.09.09

    Olá querido amigo.Comigo está tudo bem felizmente,quanto ao poema gosto muito deste escritor.
    Beijinho de amizade desta amiga Lisa.
  • Imagem de perfil

    Fisga

    15.09.09

    Olá amiga Lisa. Eu também gosto muito dele, mas será que há alguém que não goste dele? Bom se há, eu não estou empenhado em saber quem é. Beijinho e tudo de bom. Eduardo.
  • Imagem de perfil

    maripossa

    15.09.09

    Eduardo.Tem razão quem não gosta? Eu gosto e o amigo igual,quem não gostar paciência como diz.
    Beijinho amigo Lisa
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.