Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Pequenas,mas grandes para mim...As Palavras

22.07.10, maripossa

Água que levas os sonhos na margem do rio,e trazes de volta o som do estio. Árvores que moras de pé,e contas segredos de quem adormeceu junto a ti,e moras na margem dos sonhos perdidos,pedras que contam memórias,ao longo da vida,e ficará a lembrança das horas,dos minutos e dos segundos...sempre.

Lisa.

 

Viana,13/07/2010

 

Como as férias dá para colocar as ideias no lugar,e onde o horizonte se estende até ao mar,ver o seu sol poente e nascer do mesmo,fazem alegrar a minha alma,e quando no beiral da janela pego no meu computador e ouço uma gaivota espreitando o ar da cidade e no seu canto tentar colher alguma comida que possa existir num saco de plástico mal arrumado na beira da porta.São pequenas coisas que me fazem bem,e sentir a liberdade da alma.

Lisa

Aos amigos que possam vir aqui e se não responder na hora,o farei podem crer,e logo teremos o inverno e teremos mais tempo para cultivar as letras por este espaço onde se sonha,se fazem laços de amizade e carinho,mas sobretudo respeito assim sou eu.

 

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.