Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Um sonho simplesmente,ou realidade!

17.09.11, maripossa
Amo o sol o mar,gaivotas rasgando o céu em correria louca.
Me deixam paz na alma onde o silêncio acorda com seus gritos à procura de alimento.
A minha alegria é constante só de olhar e ver o que me rodeia.
Nestes momentos sinto a alma vadia de sonhos que vivem adormecidos
porque senão não seriam sonhos mas sim verdades.
O areal está deserto neste fim de tarde,arregaço as calças
meto os pés na água e apanho as conchas que ficaram na areia.
O vento brinca leve com meu cabelo, me trás o cheiro das algas e sargaço.
Nesta exaustão e inquietude e muito encantamento
o sol se esconde de leve sorriso a dizer até amanhã.
Levanto os braços ao céu e penso que é só meu o instante,os sonhos,
os sons das ondas que rebentam nos penedos.
Estremeço... é nesse instante sinto que é mais um sonho?
Mas que seria da vida se não fossem feitos de sonhos e instantes,
mesmo que andem perdidos aqui ou ali...será sempre um sonho
Lisa


Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.