Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

20
Fev07

Natureza

maripossa

Subi a uma montanha, ela me disse porque vieste, por me sentir só e pensei em falar com Deus, mas ele não me podia dizer nada que não soubesse, pois o que ele deixou o homem estragou, só lá de cima vi e reparei o que o homem faz pela natureza?..Tudo destruído as árvores onde dormi, enquanto criança, onde atei a corda para fazer baloiço, eram carvalhos mas essas não existem mais, onde as bolotas nos caíam na cabeça vejo pouco pinheiros e eucaliptos, pois o homem lhe chega o fogo, já não ouço os grilos! As rãs os pássaros são poucos até as águias que voavam alto já poucas vejo, os girassóis as papoilas, e umas amarelas que lhe dava-mos o nome de margaridas onde estão não as vejo.agora sim vejo papeis muitos, garrafas vazias e muita destruição não se olha a meios, só dinheiro e muito.

Onde está os muitos riachos que passavam caminhos, os rios cheios de peixe, agora estão cheios de poluição e degradados, se podia beber a água cristalina que corria pela encosta, tanta era a pureza, onde o gado pastava e se via a saúde do gado, hoje só como enlatados, cheios de conservantes e para não falar de outras coisas, para ver pessoas a morrer de cancro este é o mundo que todos nós vamos deixar para os filhos e netos, só betão e estradas não é isso que quero, mas sim viver sem medo, sem privações de me sentir atrofiada sem liberdade, de pensar, sentir e amar, sem pensar em ser assaltado sentar no banco do jardim e respirar o ar, olhar o sol dar de comer aos pássaros as pombas, colher flores deitar na erva e sentir o cheiro, assim é viver o resto todos nós temos uns mais outros menos, mas quero a vida da natureza essa sim verdadeira

 

 Lisa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

9 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D