Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Onde o Homem Não Chega

26.09.07, maripossa

Onde o Homem não chega tudo é puro,

dessa pureza da primeira infância.

Tudo é medida,ritmo,concordância,

tudo é claro e auroral: a noite, o escuro.

E nem o vendaval é dissonância

mas promessa de sol e de futuro.

Quem levantou esse primeiro Muro

que do perto fez longe,ergeu distância?

Foi o Homem,com suas mãos de barro,

com suas mãos perjuras,fel e sarro

de inútil sofrimento e vil prazer.

Não é tarde, porém: sacode a lama,

ergue o facho, levanta a Deus a chama

e recomeça: acabas de nascer.

Fernanda Castro

2 comentários

  • Imagem de perfil

    maripossa

    28.09.07

    Amiga Papoila. Pois este poema é muito lindo, fala de certa forma na natureza, quando a mesma não é estragada pela mão do homem. Amiga perante este poema de Pablo Neruda , que fizeste a gentileza de me enviar no comentário, como eu gosto deste poeta simples que fala, com o coração e que eu adoro! só poderia postar aqui o mesmo, e te dizer obrigada. Beijinho amiga, te cuida.Lisa
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.