Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Memórias ou Saudade

26.05.08, maripossa

Tudo na nossa vida prende em alguma coisa. A terra a mãe ao pai mas aos lugares, onde caímos e levantamos onde colhemos flores, onde os avós chamaram por nós! A isto eu chamo as raízes nem que seja de pensamento.

O gosto bom da chegada a casa e sentir o cheiro do café na tigela, tudo faz parte da nossa imaginação de criança, na altura, mas que vamos guardar em nosso coração para sempre, os sonhos, sabores e afectos.

Pois nos olhos ainda sentimos o cintilar da alegria, o sorriso traquina, da rua ao fim de tarde, mas a certa altura, damos com nós adolescentes e algo vai perdendo, o entusiasmo; aí vem outros amigos e um novo fervilhar de mudanças, comesa-mos a olhar em outra direcção, a do amor! Queremos crescer rápido, mas perdemos alguma coisa a meninice pura singela. O transparente olhar só prende na imagem de quem amamos.

Depois já tarde. Vimos como as coisas correm depressa demais e temos as saudades, dos Pais, avós e amigos que jamais saberemos deles, sempre penso que muitas crianças hoje em dia crescem rápido assim é a mudança do tempo, um dia eles irão sentir a mesma saudade, que eu da minha geração, mas que foi muito feliz a minha maneira, nada me faltou, amor muito, amigos bastantes, mas faz muito bem recordar, todas estas vivencias da nossa criancice.

Um dia direi aos netos, que tenham calma e vivam a sua vida, em plena harmonia e felicidade, pois só temos uma e a mesma deve ser vivida com sabedoria, amizade e sobretudo Amor muito Amor

Lisa

 

 

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.