Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

As Árvores do Mar

20.04.09, maripossa
Enquanto escrevo sobre o vento que passa Entre os pinheiros sobre as águas que deslizam nos caminhos do mar O pinheiro balanceia As águas reproduzem-se O vento respira Abandono então o poema E sento-me a ver o peixe Voluptuoso a ouvir o corpo Em sua morada E não faço nada Porque não há nada Para fazer Casimiro de Brito

Um corpo de Verão

31.03.09, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5319392647299660354" /> Era um corpo de verão que ondeava Entre mil murmúrios de águas e sementes Na sua nudez ardia o fogo dos pomares Abracei a vigorosa doçura dos seus membros bebi em alta sede a inocência ardente conheci a sombra que floresce a brisa e o alimento No centro enamorado da pátria arborescente Casimiro de Brito