Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

AUTOBIOGRAFIA- MIGUEL TORGA

12.08.07, maripossa
Férias na Aldeia Na escola, que fui visitar,o mestre,mal entrei na sala,mandou levantar todos os alunos em sinal de respeito,e nem o  Rei grilo se riu daquele cerimonial,que até discurso meteu. Depois de um intróito solene,o senhor Botelho mostrou os meus ditados,que guardava ciosamente. Pusessem ali os olhos! Vissem ! Vissem! Nem um erro!  Nem uma letra tremida! Nem o mais pequeno borrão! Assim,sim.Quarta classe extraordinária,a minha! Apenas o Godinhas...Enfim,uma excepeção a (...)

David Mourão Ferreira

16.06.07, maripossa
David de Jesus Mourão-Ferreira (24 de Fevereiro de 1927 — 16 de Junho de 1996) foi um escritor e poeta lisboeta licenciado em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa em 1951, onde mais tarde em 1957 foi professor, tendo-se destacado como um dos grandes poetas contemporâneos do Século XX. Mourão-Ferreira trabalhou para vários periódicos, dos quais se destacam a Seara Nova e o Diário Popular, para além de ter sido um dos fundadores da revista (...)

A Vida de Soledade Summavielle

12.03.07, maripossa
Cantora,ceramista e poetisa,Soledade Summavielle é natural de Fafe,fez os seus estudos secundários no Porto,e foi aluna de canto na  Academia Mozart dessa cidade. Durante o tempo em que frequentou aquela  Academia de Música,e tomou parte em todos os consertos e serões culturais ali realizados. cantou depois no Teatro Cinema de Fafe,no Teatro S.João,do Porto.O maestro Ruy Coelho,que a ouviu aí pela primeira vez,convidou-a a interpetar nas comorações do 100º aniversário da (...)