Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Maripossa

Tudo que tem asas deve voar,por isso a borboleta selvagem o faz sem nunca olhar para onde.

Jardim Perdido

09.02.10, maripossa
Jardim em flor, jardim de impossessão, Transbordante de imagens mas informe, Em ti se dissolveu o mundo enorme, Carregado de amor e solidão. A verdura das arvores ardia, O vermelho das rosas transbordava Alucinado cada ser subia Num tumulto em que tudo germinava. A luz trazia em si a agitação De paraisos, deuses e de infernos, E os instantes em ti eram eternos De possibilidades e suspensão. Mas cada gesto em ti se quebrou, denso Dum gesto mais profundo em si contido, Pois trazias em (...)

A Sophia de Mello Breyner Andresen

06.11.08, maripossa
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5265596004840003346" /> Neste dia e nesta data,nada melhor que recordar uma poetisa de conto e poesia. Sophia de Mello Breyner,da mulher e da sua obra.Muitas escritas ao Mar que ela adorava.Veio a tornar-se uma das figuras mais representativas de uma atitude política liberal, apoiando o movimento monárquico e denunciando o regime Salazarista e os seus seguidores,nasceu no Porto a 6 de Novembro de 1919 e morre em Lisboa em 2004,para ela nada mais se poderá dizer, (...)